Burger King agora aceita pagamentos com Bitcoin na América Latina

A famosa cadeia de fast food Burger King anunciou uma parceria com a Cryptobuyer e agora, por meio deste novo acordo, está aceitando pagamentos com Bitcoin e outras criptomoedas como Litecoin, Dash, Binance Coin, Ethereum e a stablecoin Tether, segundo informou o Cointelegraph em Espanhol em 31 de dezembro.

A novidade foi anunciada pela conta oficial da Cryptobuyer no twitter. Atualmente os pagamentos com criptomoedas estão disponíveis apenas para usuários na Venezuela e apenas uma loja da rede, localizada no Sambil Shopping Center, na cidade de Caracas.

No entanto, Jorge Farías, CEO da Cryptobuyer, nos disse que os planos são incorporar em janeiro de 2020 o uso do Cryptobuyer Pay nas 40 lojas Burger King espalhadas por todo o país.

Da mesma forma, Farías também aproveitou a oportunidade para comentar que, no início de 2020, também será notificada a inclusão de dois novos tokens que podem ser usados ​​em todos os estabelecimentos comerciais que operam com o Cryptobuyer Pay.

Ernesto Contreras, gerente de desenvolvimento de negócios da Dash na América Latina, comentou no Twitter que a criptomoeda Dash estava encerrando o ano com objetivos "grandes" alcançados em relação à adoção, referindo-se ao Burger King e sua aliança com a Cryptobuyer. Ele também mencionou que eles já fizeram compras de hambúrguer pagando com Dash.

O CEO da Dash também falou com parabéns à Cryptobuyer por essa aliança. No entanto, ele mencionou um fato que não havia sido mencionado no anúncio oficial feito pela Cryptobuyer quando disse que essa aliança seria exclusiva da Dash no começo.

Esta não é a primeira vez que uma loja da rede de fast food, comprada em 2010 pelo trio de investidores brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, aceita criptomoedas. Recentemente, uma unidade da rede de fast food na Eslovênia anunciou uma parceria com a GoCrypto para permitir pagamentos com Bitcoin Cash.

“É oficial que o Burger King acabou de aceitar Bitcoin Cash como uma opção de pagamento na Eslovênia. O Burger King agora faz parte da família GoCrypto e é o primeiro local físico do BK no mundo a aceitar criptomoedas”, destacou em um vídeo Dejan Roljic, CEO da Eligma, que supervisiona a GoCrypto.

Como noticiou o Cointelegraph, na Alemanha, a cadeia global de fast-food Burger King aceita pagamentos com Bitcoin desde setembro deste ano. Além disso, ainda em 2017 o Burger King Rússia anunciou que aceitaria pagamentos em Bitcoin e, em seguida, introduziu sua própria criptomoedas chamada Whoppercoin. Também em 2017, o BTC começou a ser aceito por um restaurante da rede em Arnhem, uma cidade na Holanda.

Confira mais notícias