Relatório aponta tendência de alta para o Bitcoin confirmada pelos contratos futuros de BTC

A Nox Bitcoin, uma empresa brasileira que opera no mercado de compra e venda de Bitcoin, destacou em um relatório que os indicadores sinalizam uma tendência de alta para o BTC mesmo com as recentes desvalorizações, segundo comunicado encaminhado ao Cointelegraph em 23 de julho.

Segundo a empresa, a volatilidade do Bitcoin aumentou em 2019, no entanto, embora o principal criptoativo do mercado tenha visto um recuo em seu valor ultimamente e enfrente dificuldades para manter seu preço acima de US$ 10. A tendência da criptomoeda é de alta.

"Um aumento de volatilidade significa maiores riscos para quem está inserido no mercado. A volatilidade histórica mede a oscilação de preços um ativo em um determinado espaço de tempo utilizando dados passados. Os dados históricos nos dizem que o Bitcoin se tornou mais volátil no ano de 2019. Também é possível observar um aumento da volatilidade implícita do Bitcoin no último mês. Ela saltou de 91 para 95, um aumento de 4,39%", 

De acordo com a Nox, a queda no preço para a faixa de US$ 9 mil seguida pela sua recuperação mostra que os investidores estão otimistas com o mercado. A empresa também argumenta que a faixa de negociação dos contratos futuros de Bitcoin também sinalizam uma tendência positiva para o mercado.

"Após a rápida valorização no mês de Junho, o preço apresentou uma correção para a região dos US$ 9,200 e rapidamente se recuperou. Isso mostra que os investidores ainda estão otimistas em relação à tendência de alta. Um indicador que ressalta esse otimismo é a diferença entre o preço do Bitcoin no mercado à vista e futuro, essa diferença é conhecida como Prêmio. Quanto maior for o valor desse prêmio, maior será o grau de otimismo dos investidores em relação ao futuro. O mercado futuro está negociando contratos de Bitcoin com vencimento em 27 Dezembro a um prêmio de 5,5% em relação na Deribit. Contratos no mercado à vista são negociados a US$ 10,224, enquanto os futuros com vencimento para dezembro são negociados a US$ 10,472. Esse número indica maior otimismo dos investidores em relação ao preço futuro do Bitcoin", argumenta.

O relatório observa ainda que há um otimismo entre os investidores e que o mercado está em compra forte, "Desde o pico de preço (US$ 13,800) atingido no dia 26 de junho, o Bitcoin passou por um ajuste de 26% de desvalorização. O indicador semanal de médias móveis sinaliza que o mercado está em compra forte, o que mostra otimismo pela manutenção da tendência de alta que começou em Abril."

    O que esperar?
Informação retirada do Trading View.  

Como reportou o Cointelegraph, embora o preço do Bitcoin tenha apresentado dificuldades em segurar seu valor acima de US$ 10 mil isso não vai impedir que o criptoativo se recupere e seja negociado acima de US$ 42 mil, segundo previsão do CEO da Pantera Capital, Dan Morehead.

Morehead argumenta ainda que a tendência no preço do BTC é ainda mais otimista e, segundo ele, o principal criptoativo do mercado vai atingir US$ 122.000 até o final de 2020 e US$ 365.000 no final de 2021.