Parceria entre IBM, Hospital e Cartório faz registro de nascimento totalmente em blockchain

A criança Álvaro de Medeiros Mendonça é um dos primeiros bebês brasileiros que teve seu registro de nascimento feito em blockchain, de acordo com informações da revista Isto É Dinheiro.

Embora não tenha sido a primeira criança a ter seu registro realizado na cadeia de blocos, afinal  já em 2016 Fernando Ulrich já havia feito o registro de sua filha usando blockchain, no caso de Mendonça o menino é uma das primeiras crianças que têm seu registro unicamente na cadeia de blocos, sem a necessidade de cartório. (Antes dele, no ano passado, Edson Neto, entusiasta de blockchain e criptomoedas, documentou o nascimento da filha, Maria Julia, na Bahia. Uma parceria com um cartório validou o documento)

Mendonça é filho de Waldyr Mendonça Junior e Monique de Medeiros Gonçalves e nasceu dia 8 de julho na Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro. Segundo a reportagem, ele foi convidado pelo hospital para participar do projeto desenvolvido pela empresa Growth Tech em parceria com a IBM.

Waldyr, que é representante comercial, afirma que o blockchain tornou o procedimento muito mais rápido. “Levei menos de cinco minutos para fazer o registro”, diz o pai.

No entanto diferente do caso de Edson Neto que também tem o registro de sua filha em blockchain validado por um cartório, o bebe de Mendonça e Monique, o registro da criança já contava com uma costura pronta entre hospital-blockchain-cartório.

O registro foi realizado por meio da plataforma Notary Ledgers, da Growth Tech, que permite a realização de serviços de cartório em ambiente virtual. O fundador da empresa, Hugo Pierre, diz que a startup buscou uma solução de eficiência “para otimizar essa área”.

Ainda segundo a reportagem, Carlos Rischioto, líder de Blockchain da IBM na América Latina, explica que o método de registro do bebê teve três etapas: a primeira foi a “Declaração de Nascido Vivo”, feita pelo hospital. depois os pais criaram uma identidade digital na pltaforma e depois as informações foram enviadas ao cartório finalizando a certidção.

“O objetivos destas soluções é trazer velocidade, eficiência, transparência e eliminar cada vez mais as etapas, principalmente as burocráticas, nos processos de negócios”, disse Rischioto.

Como reportou o Cointelegraph, recentemente a IBM, junto com a Boeing, gigante da aviação global, teria entrado para o conselho de governança da rede descentralizada empresarial Hedera Hashgraph.