Brasil foca em IoT e blockchain e inaugura Centro Tecnológico em parceria com o Fórum Econômico Mundial

O Ministério da Economia do Brasil, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e o Fórum Econômico Mundial (WEF) anunciaram uma parceria para a instalação de um Centro Tecnológico focado na Indústria 4.0 com Blockchain e Internet das Coisas como temas centrais.

O Centro Tecnológico será inaugurado dentro da estrutura do Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT), complexo localizado dentro do terreno da Universidade de São Paulo (USP). O projeto, amplo, pretende tornar a região em um "Vale do Silício" brasileiro. 

Com foco em blockchain, IoT e Indústria 4.0, o Centro pretende, entre outros, desenvolver soluções para smart cities e terá financiamento da iniciativa privada que também podem destinar funcionários para ajudar na formação das startups, fintechs e demais integrantes do Centro.

Ainda segundo o anúncio na 'primeira fase', que começará no próximo ano, um grupo de 130 pequenas e médias empresas serão as primeiras a testar as propostas de desenvolvimento do novo centro que tem como meta atingir 2 mil empresas até o final de 2021.

Somente 7,5% das empresas usam Indústria 4.0 com excelência, e só 2% das empresas brasileiras estão no estágio mais avançado de indústria 4.0, o que dá a dimensão da importância dessa parceria”, afirmou o secretário de produtividade Carlos da Costa.

Como noticiou o Cointelegraph, o projeto prevê ainda que o atual presídio de Pinheiros, localizado naquela região, será desativado para ceder espaço para uma nova fase do projeto..

Confira mais notícias