HitBTC e Gate.io mostram provas e garantem que vídeo da Atlas Quantum é falso e feito para enganar clientes

As exchanges HitBTC e Gate.io, declararam oficialmente que o vídeo da plataforma de investimento em Bitcoin Atlas Quantum, onde a empresa alega ter saldo bloqueado nas referidas exchanges, é falso. Procurada pelo Cointelegraph para comentar o assunto, a Atlas não se manifestou até a publicação deste texto.

Em resposta à solicitação da reportagem, a Gate.io afirmou:

"Olá, fizemos uma serie de verificações e confirmamos que não temos uma conta com saldo semelhante bloqueado ou limitado no saque. O vídeo sobre o gate.io é falso. Eles mudaram o DOM [Document Object Model, ou estrutura da página web] para fazer um vídeo para enganar as pessoas. Posteriormente publicaremos um twitter sobre esse problema."

No Twitter, a Gate.io também publicou duas mensagens confirmando que o vídeo da Atlas é falso:

"Gostaríamos de deixar claro que o vídeo publicado recentemente pela Atlas Quantum mostra informações falsas sobre a Gate.io. Nós não temos nenhuma conta bloqueada com este saldo e também não fomos contatados pelo time da Atlas Quantum", diz o primeiro tweet. 

A empresa postou um segundo tweet: 

"Estejam informados de que o botão de saque de USDT mostrado no vídeo da Atlas Quantum é verde-acinzentado, enquanto o botão original de saque para contas com saldo disponível no Gate.io é verde brilhante."

Já a HitBTC declarou em seu perfil oficial no Twitter que o video da Atlas mostrando uma suposta conta na empresa também é falso:

 

 

O Cointelegraph busca, desde o dia 2 de outubro, quando as primeiras negativas das exchanges sobre o vídeo começaram a surgir, uma resposta e posicionamento oficial da Atlas Quantum. A empresa declarou que forneceria uma resposta mas, mais de 24 horas depois da primeira solicitação, não encaminhou qualquer resposta à redação.

Nossa reportagem também entrou em contato com a Poloniex, mas até o momento, não obteve resposta da solicitação.

A Atlas divulgou o vídeo com os saldos, agora revelados como falsos, em um comunicado publicado em 18 de setembro no qual afirmava que os valores estava bloqueados por questões de KYC e KYT.

"Visando oferecer maior transparência aos nossos clientes, o vídeo abaixo mostra nosso saldo em nove contas de três exchanges em que operamos", disse a empresa ao publicar o vídeo.

Desde que teve uma oferta de investimento coletivo proibida pela Comissão de Valores Mobiliários do Braisl, CVM, a Atlas vive uma crise de saques e não tem hornado o compromisso com seus clientes. A empresa afirma que vem fazendo pagamentos diários mas não revela quantos e, também não tem cumprido ordens judiciais para depositar valores a clientes que entraram na justiça contra a empresa.

Um vídeo compartilhado no youtube, revela como é possível editar um video como teria feito a Atlas Quantum.

Mesmo sem horar o saque dos clientes a Atlas Quantum comprou 100% da AnubisTrade, plataforma que oferecia um serviço concorrente ao da empresa.

Como noticiou o Cointelegraph, menos de uma semana depois de serem pegos de surpresa pela venda da Anubis Trade para a Atlas Quantum, os usuários da plataforma da Anubis começaram a relatar problemas com atrasos e outras dificuldades relacionadas a seus fundos junto à empresa

Investidores da Anubis Trade estão relatando dificuldades para sacar seus fundos junto à empresa no Facebook e no site Reclame Aqui, coisa que não acontecia, segundo relatos, antes da Atlas assumir a empresa.