Menos de uma semana depois de venda para a Atlas Quantum, usuários da Anubis Trade relatam problemas em saques

Menos de uma semana depois de serem pegos de surpresa pela venda da Anubis Trade para a Atlas Quantum, os usuários da plataforma da Anubis começaram a relatar problemas com atrasos e outras dificuldades relacionadas a seus fundos junto à empresa. A notícia é do Bitcoin News.

Segundo o texto, investidores da Anubis Trade estão relatando dificuldades para sacar seus fundos junto à empresa no Facebook e no site Reclame Aqui.

Na última quinta-feira, 26 de setembro, a Anubis surpreendeu a comunidade cripto do Brasil ao anunciar a venda da empresa para a Atlas Quantum, outra empresa de investimentos cripto, com problemas na justiça brasileira e dificuldades de honrar saques de investidores.

Como o Cointelegraph Brasil noticiou, a venda da empresa foi sucedida por uma corrida de clientes por sacar seus fundos sob o temor de que os problemas da Atlas se repetissem na Anubis, agora parte do mesmo grupo.

A matéria diz que depois do comunicado da aquisição da Anubis, "várias tentativas de saques por parte dos investidores da empresa foram registradas sem sucesso".

Em nota, a assessoria de imprensa da Atlas teria respondido que "alguns saques de investidores da Anubis Trade podem estar com uma demora pontual, acima do prazo de 72h" e que a empresa estaria em contato com clientes para resolver o problema. A Atlas também garante que há separação dos fundos de clientes da Anubis e da Atlas e que as plataformas não serão integradas no momento.

O ex-proprietário da Anubis Trade, Mateus Grijó, disse ao Cointelegraph Brasil que está "levando os casos para a Atlas para darem prioridade", e completou:

"Sobre a questão da responsabilidade, a AnubisTrade agora faz parte do Grupo Atlas, e no contrato estão clausulas protetivas aos clientes, saques e honra dos saldos."

O ex-dono da Anubis não soube responder sobre o atual status da integração da empresa no Grupo Atlas, mas disse que continuará conectado a ela como consultor e prestador de serviço externo.