BNDES seleciona startups de bitcoin e blockchain para aceleração

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, (BNDES), juntamente com o consórcio Wayra/Liga Ventures, selecionou 79 grupos de empreendedores que farão parte da primeira fase do programa BNDES Garagem.

De acordo com informações divulgadas pelo banco cinco startups com foco em blockchain estão entre as selecionadas. No geral, a quantidade de participantes foi superior à previsão inicial, que era de 60 participantes. Além de blockchain, os selecionados possuem projetos em áreas como educação, saúde, segurança, soluções financeiras, economia criativa, meio ambiente e internet das coisas.

No caso de blockchain foram dois selecionados no "Módulo de Aceleração" (QR Capital e Owldocs) e três selecionados no "Módulo de Criação", (Amachains, Bizanc, Lookforme e Mileto). Dentre as selecionadas a QR Capital tem produtos de investimentos baseados em bitcoin que prometem rentabilidade por meio de trade, arbitragem e outras estratégias. 

O BNDES Garagem recebeu 5.056 inscrições entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019 e contou com participantes de todos os estados e do Distrito Federal. No total, 669 cidades tiveram projetos apresentados, com 2271 startups que se inscreveram para o Programa de Aceleração e 2785 para o de Criação. 

Com o foco em desenvolver e fomentar o empreendedorismo no Brasil, o BNDES criou o BNDES Garagem, uma iniciativa de apoio às startups brasileiras, que inclui a realização do Programa BNDES Garagem de Desenvolvimento de Startups e a estruturação de um Centro de Inovação no Rio de Janeiro. Esta é a segunda edição do programa de incentivo.