Bloomberg: Corretora interdealer do Reino Unido TP ICAP vai vender futuros de BTC da CME

A corretora interdealer TP ICAP, com sede no Reino Unido, venderá derivativos financeiros de Bitcoin (BTC), informou a Bloomberg em 17 de junho.

De acordo com a reportagem, a unidade ICAP da empresa agora permite que seus clientes comprem ou vendam futuros de Bitcoin da Chicago Mercantile Exchange (CME). Em junho, os futuros de Bitcoin da Chicago Board Options Exchange expirarão sem planos atuais de renovação, deixando a CME como o único ofertante de futuros de BTC.

O TP ICAP também espera acrescentar futuros não-entregáveis ​​vinculados à maior criptomoeda e, em seguida, planeja abrir mesas na Ásia e nos Estados Unidos. A Bloomberg afirma que a empresa tomou a decisão devido a uma diminuição do seu modelo de negócio principal:

“Os corretores interdealer tradicionalmente confiam em negociar com os bancos, mas seus volumes encolheram após a crise financeira. Um aviso de lucro no ano passado varreu 36% do valor de mercado da TP ICAP em um dia. Ele recuperou cerca de 10% desde então, para 1,6 bilhão de libras (US$ 2 bilhões)”.

O autor da reportagem também ressalta que os clientes têm que cumprir com as regulamentações de Conheça seu Cliente e de Combate à Lavagem de Dinheiro para acessar o Bitcoin através dos serviços da empresa. Além disso, a TP ICAP também considera outros ativos digitais, como altcoins e tokenizados, como ativos reais. A Bloomberg cita o diretor de mercado de ativos digitais da empresa, Duncan Trenholme, ilustrando o interesse da empresa no setor:

“Queremos estar perto do que está acontecendo nesta nova classe de ativos porque acreditamos que é importante investir nos estágios iniciais de um mercado em crescimento. [...] A TP ICAP também entende que essa tecnologia pode atrapalhar ou impactar outras classes de ativos em que atualmente operamos, por isso achamos importante estar informado.”

De acordo com a divulgação de resultados financeiros da empresa em 2018, a TP ICAP reportou uma receita de £ 1,763 bilhão (US$ 2,219 bilhões) no ano passado.

Como o Cointelegraph informou hoje, o Bitcoin ultrapassou um milhão de endereços ativos diários em 14 de junho, de acordo com o CoinMetrics, site de estatísticas da blockchain.

No início desta semana, o JPMorgan Chase escreveu em um relatório que o setor de Bitcoin mudou consideravelmente desde 2017, citando um aumento no interesse institucional.