Empresa blockchain levanta US$ 60 milhões em nova venda de token

A empresa de blockchain Algorand levantou mais de US$ 60 milhões em uma venda de token na plataforma de serviços financeirs CoinList, como noticiou a agência de notícias de tecnologia The Block em 19 de junho.

A Algorand Foundation — uma empresa que implementa um sistema de contabilidade de código aberto e pagamento em criptomoeda utilizando o protocolo de passagem de mensagens Byzantine Agreement — levantou US$ 60 milhões em uma token nativo Argos.

O recente financiamento de capital ficou à frente dos US$ 66 milhões que a empresa arrecadou no ano passado de investidores como as empresas de capital de risco Union Square Ventures e Pillar Venture Capital.

Durante a recente venda de token, o ativo nativo da Algorand, o Algos, valia US$2,40 por token. Como a fundação pretende aumentar o número total de tokens Argos para 10 bilhões nos primeiros cinco anos de operação, os investidores estão estimando a capitalização de mercado da rede em US$ 24 bilhões.

O Ether (ETH), token nativo da rede Ethereum e maior altcoin por capitalização de mercado, tem um valor de mercado de pouco mais de US$ 28 bilhões no momento da impressão.

Como já noticiado, a Algorand pretende lançar seu produto de mainet ainda em junho, juntamente com seu token. Em uma entrevista em janeiro, O co-fundador do projeto, Silvio Micali, falou sobre sua crença de que a tecnologia blockchain tem potencial futuro para criar uma economia global sem fronteiras. Na época, Micali declarou:

“Apenas um sistema verdadeiramente descentralizado, onde o poder é realmente tão difundido que será essencialmente praticamente impossível atacá-los todos e quando você não precisa confiar neste ou naquele nó em particular, vai trazer realmente a segurança que realmente precisamos e merece.”

Nesta semana, Algorand também anunciou que seu repositório de nós foi aberto e agora está publicamente disponível, juntamente com o lançamento de ferramentas de análise para aplicativos e detalhes sobre seu programa de recompensas de bugs, entre outros recursos.

No fim de janeiro, o CEO da CoinList CEO, Andy Bromberg projetou que os mercados de criptomoeda em 2019 iriam ficar "quietos por um momento", enquanto as empresas focam em construir o mercado cripto. Bromberg disse:

“Em 2019, parece que as pessoas estão preocupadas em construir... Acho que o mercado vai aquietar por um pouco, enquanto as pessoas estiverem focadas em criar. Parece um pouco como uma Mesopotâmia, o  'berço da civilização', onde todos têm os ingredientes de que precisam, precisam se concentrar e começar a construir esses impérios, e criar o que o futuro vai parecer, e isso é o que este ano vai ser.”