Professor do MIT: Blockchain pode permitir uma economia sem fronteiras mais inclusiva

A blockchain pode permitir a criação de uma economia sem fronteiras, afirmou o professor Silvio Micali, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em entrevista ao Daybreak Asia da Bloomberg em 21 de janeiro.

Falando no programa, Micali delineou três grandes propriedades dos sistemas blockchain que devem funcionar simultaneamente para permitir uma economia mais inclusiva e sem fronteiras — segurança, descentralização e escalabilidade. De acordo com o professor de engenharia do MIT, até recentemente apenas duas dessas três propriedades básicas poderiam ter sido alcançadas simultaneamente a qualquer momento.

Quando perguntado sobre a escalabilidade em particular, Micali enfatizou que um sistema descentralizado realmente precisa de tecnologia superior para fornecer o mesmo nível de participação e confiança de que gozam sistemas centralizados.

Quando perguntado sobre violações de segurança em sistemas blockchain, Micali afirmou que sistemas centralizados são muito mais vulneráveis ​​a tentativas de hackeamento, apontando para a frequência de violações de segurança e privacidade que ocorrem repetidamente em instituições centralizadas de vários tipos.

O professor expressou otimismo sobre a blockchain em termos de segurança, observando o nível de segurança incorporado no conceito de um sistema sem confiança:

“Somente um sistema verdadeiramente descentralizado, no qual o poder é realmente tão disseminado que se torna em essência praticamente impossível atacá-los todos e quando você não precisar confiar neste ou naquele nó em particular, vai conter a segurança que realmente precisa e merece.”

Recentemente, um grupo de importantes universidades dos Estados Unidos, incluindo o MIT, a Universidade de Stanford e a Universidade da Califórnia em Berkeley, anunciaram o lançamento do Unit-e, um projeto de criptomoeda divulgado como uma “rede de pagamentos descentralizada globalmente escalável”.

No início de janeiro, a MIT Technology Review publicou um artigo afirmando que 2019 será o ano em que a tecnologia blockchain finalmente se tornará corriqueira.