White paper da Bitwise: Volumes falsos de negociação de exchanges não impactam os preços do BTC

A administradora de investimentos cripto americana Bitwise, divulgou um documento alegando que os volumes comerciais falsos de exchanges cripto não afetam o preço do Bitcoin (BTC). Lançado em 24 de maio, o white paper é uma versão estendida da apresentação de março da Bitwise, alegando que 95% do volume em trocas não regulamentadas é falso.

Publicado no site oficial da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), o novo white paper é baseado na pesquisa que a Bitwise Asset Management apresentou à SEC em 17 de março de 2019, conforme especificado no documento.

No white paper, a Bitwise reiterou os principais pontos da apresentação de março, incluindo evidências de que quase 95% dos volumes de negociação relatados em Bitcoin pelas exchanges são de natureza falsa ou não econômica.

Entretanto, o novo relatório também prova que esses volumes falsos não afetam a descoberta de preços no mercado real de spot de Bitcoin. O white paper demonstra que os sistemas de arbitragem eficazes mantêm os preços exatos nas exchanges reais de spot de Bitcoin, eliminando discrepâncias de preços suficientes "em questão de segundos".

Como parte da pesquisa, o novo white paper também reitera o fato de que um grande número de avanços e ferramentas no mercado de Bitcoin, como o lançamento de futuros regulados, a entrada de grandes criadores de mercado algorítmicos e melhorias de custódia Bitcoin, “melhoraram dramaticamente a eficiência" dos mercados BTC.

A pesquisa também cita dados do popular site de análise de cripto CoinMarketCap, argumentando que os números de volume relatados pelo site e outros agregadores de dados na indústria são "surpreendentes, porque estão errados". A Bitwise afirma que os dados do CoinMarketCap são "amplamente inflados" por um mix de volume falso e wash trading que "distorce severamente de forma negativa a visão do público sobre o mercado de Bitcoins".

Hoje, o canal de mídia de cripto The Block publicou sua própria pesquisa afirmando que até 86% do volume total de transações de cripto “provavelmente é falso”, baseado na correlação com o tráfego de sites de exchanges.

Seguindo o relatório de volumes falsos da Bitwise em março, o CoinMarketCap prometeu reorganizar as classificações das exchanges-membros.

Em 1º de maio, o CoinMarketCap anunciou uma aliança chamada Data Accountability & Transparency Alliance para fornecer “maior transparência, responsabilidade e divulgação de projetos no espaço cripto”. À época, a empresa alertou que removeria as exchanges cripto de seus cálculos se elas não fornecessem dados obrigatórios até junho. O Cointelegraph soltou recentemente um acompanhamento sobre o assunto.