Executivo da BitPay diz que um 'fator imprevisível' deve empurrar Bitcoin para além dos US$ 20.000 em 2020

O Bitcoin (BTC) atingirá seu preço mais alto de todos os tempos neste ano, a partir de "fatores imprevisíveis" que atrairão novos compradores, disse um executivo sênior do setor de criptomoedas.

Numa entrevista para a Bloomberg em 8 de janeiro, Sonny Singh, diretor comercial na processadora de pagamentos BitPay, afirmou que o par BTC/USD deve superar sua máxima histórica de US$ 20.000 em 2020.

Singh: 'poucos compradores fazem uma grande diferença'

A razão, no entanto, permaneceria desconhecida até que a grande onda de alta ocorresse.

"Algo imprevissível poderia acontecer e poderia realmente fazê-lo disparar mais rápido", resumiu.

Para basear sua previsão, Singh apontou para tendências históricas. Em 2015, a crise da dívida soberana grega levou a ganhos para o Bitcoin, enquanto no ano passado assistimos ao repentino anúncio da moeda digital Libra do Facebook e a uma reação mundial dos legisladores e da comunidade em geral.

Mais recentemente, as tensões crescentes entre os Estados Unidos e o Irã teriam levado, segundo analistas, a um aumento no preço do BTC cerca de 20% na semana passada. Uma publicação observou que isso pode ser devido ao Bitcoin estar "livre de interferência estatal ou risco geopolítico".

O resultado líquido de todos esses eventos, explicou, foi um pequeno número de novos compradores entrando no espaço Bitcoin:

“Eu não acho que as pessoas realmente venderam suas ações GD e tudo mais e compraram Bitcoin, mas vejo o que acontece é que um pouco das pessoas começam a comprar Bitcoin e que, com negociações técnicas, realmente aumenta e faz suba muito mais rápido. ”

Seria a segunda vez que ele traz sorte para o preço do BTC?

Singh quase previu a alta do Bitcoin de 2019 até os US$ 13.800.

No auge do mercado de baixa de 2018, quando a criptomoeda foi negociada a apenas US$ 3.100, ele registrou um preço recorde de US$ 15.000 a US$ 20.000 em algum momento nos próximos doze meses.

No entanto, US $ 20.000 permanecem no final mais otimista das recentes previsões de preços dos números de criptomoedas.

Como o Cointelegraph noticiou, o CEO da Galaxy Digital Mike Novogratz disse que espera que o preço chegue a US$ 12.000 neste ano, enquanto o trader veterano Peter Brandt considera uma provável baixa de US$ 5.500 em julho.

Por outro lado, o empresário John McAfee recentemente renunciou a uma aposta potencialmente comprometedora que exige que o Bitcoin seja negociado a US$ 1 milhão até 2021.