Arthur Hayes, CEO da BitMEX, revela planos para abrir plataforma de opções de cripto

Arthur Hayes, cofundador e CEO da BitMEX, revelou que a empresa espera abrir uma plataforma de opções de criptomoedas no médio prazo. Hayes fez seus comentários durante uma entrevista ao podcast Venture Coinist em 12 de abril.

Hayes - um ex-operador de ações do Citigroup - indicou um cronograma aproximado para o lançamento em potencial, afirmando que:

"Esperamos poder ter nossa própria plataforma de opções em talvez 12 a 18 meses."

Hayes insinuou aspirações para inovar a lista de opções, dizendo que "temos alguém trabalhando com alguns professores universitários em uma maneira nova e complicada de fazer isso".

As opções são um tipo de derivativo financeiro que dá ao comprador o direito - mas não a obrigação - de comprar ou vender um ativo a um preço acordado no futuro. Elas são projetadas para servir como estratégias de cobertura, proteção ou especulação em diferentes condições de mercado.

A BitMEX foi fundada em 2014 e atualmente tem perto de US$ 1,1 bilhão de volume diário negociado, o que faz dela uma das maiores exchanges cripto do mundo por volume reportado. No entanto, como plataforma de derivativos, ela não está incluída nas médias de preço e volume do CoinMarketCap para o Bitcoin (BTC).

Como publicado anteriormente, Hayes recentemente previu que o Bitcoin retornará ao preço de US$ 10.000 neste ano, prevendo que a recuperação do mercado começará no início do quarto trimestre de 2019.

Juntamente com a plataforma de negociação, a BitMEX também realiza pesquisas na indústria de cripto, divulgando em janeiro um relatório sobre o impacto do mercado de ursos de 2018 nas avaliações de participação de token dos projetos de ICO.

Naquele mesmo mês, a exchange rebateu relatos da mídia que alegaram que estava fechando contas de residentes nos Estados Unidos e Quebec, devido a uma repressão regulatória, alegando que eles eram imprecisos e sensacionalistas.