Bitcoin já movimentou incríveis US$ 11 trilhões desde 2009, revelam novos dados

O Bitcoin (BTC) movimentou US$ 11 trilhões em riqueza desde que sua blockchain foi lançada em 2009, de acordo com os novos cálculos.

Bitcoin "indo forte" em direçãos aos US$ 9,6 bilhões por dia

Divulgadas nas redes sociais pelo analista PlanB em 24 de outubro, as últimas estatísticas dinâmicas do Bitcoin mostram que a maior criptomoeda ainda supera os concorrentes fiduciários.

Atualmente, a rede processa cerca de US$ 9,6 bilhões todos os dias. Nesse ritmo, o Bitcoin ultrapassa o volume anual de transações do PayPal - US$ 578 bilhões em 2018 - em apenas dois meses.

PlanB usou seu node completo do Bitcoin para verificar os dados da transação. Os números ressaltam o interesse contínuo no Bitcoin, que vêm apesar da ação de baixa de preços no segundo semestre de 2019.

O BTC pode ultrapassar Visa e Mastercard em dez anos?

Sua capacidade de vencer as principais alternativas, incluindo Visa e Mastercard, não é novidade. Como o Cointelegraph relatou, em abril, novas pesquisas sugeriram até que o Bitcoin pudesse superar os pesos pesados ​​do pagamento fiduciário até 2029.

“Em apenas 10 anos, o Bitcoin conseguiu competir com os líderes do setor de sistemas de pagamento. O desenvolvimento do Bitcoin está ocorrendo exponencialmente", concluiu a empresa de análise DataLight à época.

No futuro, à medida que o desenvolvimento de soluções de dimensionamento fora da cadeia, como a Lightning Network, trouxer novos avanços, cada vez menos atividade na blockchain do Bitcoin ocorrerá. Isso, observam os comentaristas, deve garantir que o tamanho atual dos blocos atenda à demanda.

No início deste mês, Samson Mow, CSO da empresa de tecnologia Bitcoin Blockstream, sugeriu que já existe capacidade sobressalente mais do que suficiente no Bitcoin.