Analista gráfico brasileiro, Fausto Botelho, recomenda comprar Bitcoin apesar da recente queda

A recente desvalorização no preço do Bitcoin não assustou o especialista brasileiro em análise gráfica, Fausto Botelho, que declarou em entrevista ao portal Seu Dinheiro, que a principal criptomoeda do mercado ainda vai substituir o padrão dólar.

Botelho também declarou que maior que a crise recente que baixou os preços do Bitcoin, os gráficos têm mostrado que o S&P500, indicam um movimento de reversão, podendo levar a bolsa a enfrentar uma desvalorização de até 40%, com reflexo em todo o mundo. Já no caso do Brasil, a tendência, segundo ele, é de alta nos preços.

Segundo o analista este não é um cenári positivo para investimentos no mercado tradicional, tendo em vista toda a turbelência no cenário macro e micro econômico,entretando, o mesmo, não pode ser dito das criptomoedas que, de acordo com o analista, tem perspectivas positivas, não só pelo que mostram os gráficos, mas também com base na disrupção que a tecnologia traz.

"A Bakkt é o maior endosso de Wall Street para o Bitcoin e para as criptomoedas mostrando que isso não é coisa para 'traficante' como alguns arugmentam (...) Este movimento não tem volta. Para mim é muito claro que o Bitcoin vai subir e vai substituir o padrão dolar" declarou citando exemplos de nações que já estudam um novo padrão glboal de dinheiro.

Ainda segundo ele, o proprio criador do Bitcoin já teria vislumbrado o BTC como novo padrão global ainda no desenvolvimento da criptomoeda, no entanto, 'disfarçou' suas intenções com as transferência p2p.

"Eu acho que Satoshi Nakamoto já pensava no Bitcoin como um novo padrão substituindo o dólar, mas se ele dissesse isso ele ia acabar igual outros, sendo preso, então ele inventou esse lance de transações para p2p para evitar a prisão, mas ele já criou o Bitcoin pensando nisso", disse.

Hoje, 30 de setembro, o preço do Bitcoin (BTC) teve um início de semana volátil. A Ásia iniciou a semana de negociações com uma liquidação de 4%, que levou o preço do Bitcoin de US$ 8.050 para US$ 7.700. A bola foi então passada para os europeus que iniciaram um rali que continuou até o pregão de Nova York levando o Bitcoin a ser negociado acima de US$ 8.325;

Segundo o analista flib flib, os movimentos ainda são mistos e é preciso esperar o comportamento do mercado.

"Resta ver qual é o verdadeiro sentimento do mercado. Os bears verão as 20 WMA como perdidas e a quebra do triângulo descendente pode ser interpretada como um cenário de venda no rali. Enquanto isso, os bulls verão a retração no suporte como uma oportunidade de compra, por isso não surpreende que o Bitcoin esteja sofrendo volatilidade", disse.

Como noticiou o Cointelegraph, enquanto Botelho é otimista sobre o Bitcoin, o investidor bilionário em tecnologia Mark Cuban disse que seria mais feliz sendo proprietário de bananas do que de Bitcoin (BTC).