David Marcus, chefe da Calibra, diz que 'Bitcoin é totalmente diferente do Libra'

David Marcus, chefe da futura carteira de criptomoedas Calibra, disse que é fã do Bitcoin (BTC), mas é totalmente diferente do Libra.

Bitcoin é ouro digital, diz Marcus

Em uma entrevista da Squawk Box em 16 de outubro, Marcus afirmou que está olhando para o Bitcoin desde 2012 e o considera semelhante ao ouro digital.

Quando perguntado pelo co-anfitrião da Squawk Box, Joe Kernen, se ele possui Bitcoin ou outras criptomoedas, Marcus não respondeu diretamente, mas observou que ele era um dos primeiros fãs da principal criptomoeda. Ele disse: "Sou um grande fã do Bitcoin, o que vejo como ouro digital, mas o Libra é totalmente diferente".

Bitcoin x criptomoeda não volátil e escalável

Enquanto tratava o Bitcoin como ouro digital, Marcus enfatizou que o projeto Libra está buscando criar uma criptomoeda não volátil e escalável, em vez de fornecer serviços para um ativo de alta volatilidade, como o Bitcoin. Ele explicou:

“Se houvesse uma versão estável, de baixa volatilidade e escalável do Bitcoin que poderíamos usar hoje, minha vida seria muito mais simples. Podemos nos concentrar em incorporar isso na carteira Calibra. ”

Estabilidade das moedas fiduciárias em apoio ao Libra

Na entrevista, o apresentador da CNBC, conhecido por seu maximalismo em Bitcoin, perguntou sobre o apoio do Libra, que supostamente consiste em uma cesta das principais moedas fiduciárias, como dólar dos Estados Unidos, euro, iene japonês, libra britânica e dólar de Singapura.

Especificamente, Kernen afirmou que a indexação planejada do Libra às moedas fiduciárias pode não ser uma boa ideia, pois essas moedas são vulneráveis à desvalorização.

As declarações de Marcus seguem as do representante dos EUA, Warren Davidson, que disse que o Facebook usando o Calibra seria uma "ideia muito melhor" do que criar um novo ativo.