Volume de contratos futuros de Bitcoin atinge valor mais baixo dos últimos 7 meses na BitMEX

O mercado de contratos futuros de Bitcoin da exchange BitMEX caiu no fim de semana e registrou um volume de negociação de menos de US$ 1 bilhão - o menor valor dos últimos sete meses. No sábado (12) foram negociados exatos US$ 948 milhões na plataforma.

Contratos futuros são instrumentos derivativos do Bitcoin que permitem ao negociador apostar na subida ou queda do ativo. Quando o negociador acredita que o preço do ativo irá subir ele compra um contrato de "Long", quando ele acha que o preço irá cair ele compra um contrato de "Short".

Enquanto a principal bolsa de derivativos de Bitcoin - a BitMEX - negociou futuros no valor de US$ 948 milhões, os novos contratos da Binance Futures registrou um volume de negociação de quase US$ 130 milhões em apenas uma hora. 

A briga pelo mercado de contratos futuros milionários parece ter começado. Recentemente o volume de negociação de 24 horas nos mercados futuros da Binance cruzou 30.500 BTC. Denominado em Tether (USDT), o equivalente a esse valor chegaria a mais de US$ 250 milhões. 

Outro concorrente da BitMEX é a recém lançada Bakkt. Em 9 de outubro, o volume de negociação de futuros de Bitcoin na plataforma Bakkt da Intercontinental Exchange (ICE) subiu para 224 contratos, registrando um aumento de 796%.

Apesar do aumento, a média das negociações com a Bakkt tem apresentando volumes baixos em comparação com o resto do mercado.

Outra grande plataforma de mercados futuros de Bitcoin é a CME - Chicago Mercantile Exchange. Apesar do declínio nos preços e a queda na volatilidade do Bitcoin, o interesse nos contratos futuros da CME Bitcoin permaneceu forte durante o terceiro trimestre, com o Open Interest (OI) diário de mais de 4,6 mil contratos, um aumento de 61% em relação ao terceiro trimestre de 2018.

Analistas acreditam que o baixo volume de negociação observado na plataforma BitMEX pode ser fruto da baixa volatilidade que o mercado vem apresentando nas últimas semanas. 

É provável que grande parte dos usuários da BitMEX sejam especuladores. Isso faz com que, em períodos de baixa volatilidade onde o preço do Bitcoin não varia muito, os volumes de negociação dos contratos futuros caia.

A baixa nos volumes de negociação da BitMEX acompanha a baixa presença do Bitcoin nas redes sociais. Como publicou o Cointelegraph, o número de "tweets" mencionando o ativo digital caiu para o valor mais baixo dos últimos quatro anos.