Bitcoin cai durante o fim de semana e chega a R$ 36.000 em exchanges brasileiras

O Bitcoin (BTC) teve fim de semana de queda nas exchanges do Brasil, perdendo mais de R$ 1.000 reais em valor durante o sábado e domingo até ser negociado nesta segunda-feira na faixa dos R$ 36.000. A queda equivale a pouco menos de 3%.

A maior criptomoeda teve na sexta-feira um preço médio de R$ 37.400, passando primeiro para R$ 36.800 no sábado e caindo para a faixa dos R$ 36.400 no sábado. No momento, às 11h de 29 de julho, o preço médio do Bitcoin nas exchanges é de R$ 36.337, em pequena queda de 0,57%.

Nesta segunda-feira (29), a variação entre mínima e máxima foi significativa. A mínima registrada foi de R$ 35.000, enquanto o valor máximo chegou a R$ 37.752.

O volume negociado no Brasil até aqui é de 288 BTC, com a exchange Mercado Bitcoin sendo responável por 151 BTCs, seguida pela BitcoinTrade (65) e a BitCâmbio (44).

A maior altcoin, o Ethereum, também teve queda significativa no fim de semana. Depois de ser cotado a R$ 829 na sexta-feira, a moeda perdeu valor nos últimos dias e nesta segunda chegou a R$ 795, com pequena alta de 0,14% com relação a domingo.

O Ripple também opera em queda, negociado no momento a R$ 1,17, perdas de 0,31% nas últimas 24 horas. A alta mais significativa dentro do Top 20 é da criptomoeda SpankChain, token de uma plataforma blockchain voltada ao entretenimento adulto, que tem disparada de 6.139% no dia e é negociada a R$ 6,01.

O dólar opera em alta de 0,40% nesta segunda, chegando aos R$ 3,79 no câmbio comercial, acompanhado pelo euro, que sobe 0,38% para ser negociado a R$ 4,21. O índice Ibovespa também tem alta de 0,16%, com 102.987 pontos.

Conforme o Cointelegraph noticiou neste domingo, apesar da correção acentuada do Bitcoin no último mês, especialistas ainda enxergam perspectiva otimista para o ativo no médio prazo.