Foi divulgado que um hack ético ajudou o FBI a resolver um caso de assassinato.

Foi divulgado que um hacker whitehat ético ajudou o FBI a resolver um caso de assassinado

O pesquisador independente de Bitcoin Chris Monteiro, que violou o banco de dados de um site falso da Darknet que oferece atiradores e assassinos de aluguel e vazou os dados em um site legítimo, ajudando acidentalmente a resolver o caso de assassinato da Sra. Amy Allwinerelata a NASDAQ.

Suicídio ou assassinato?

Em novembro de 2016, a Sra. Allwine, de 47 anos, foi encontrada morta em sua casa em Cottage Grove, Minnesota. Enquanto seu marido, Stephen Carl Allwine, tentou encobrir a morte como um suicídio, colocando uma pistola ao lado do cotovelo de sua esposa, outras investigações levaram os investigadores da polícia a concluir que era um caso de assassinato.

Por isso, em janeiro de 2017, Stephen Allwine foi acusado de homicídio em segundo grau com base na evidência coletada, que tudo levava a ele.

A Dark Web levou os investigadores ao real assassino

Enquanto o suspeito foi preso e acusado, finalmente o caso da Sra. Allwine recebeu mais luz por causa dos dados vazados de "bRpsd", que foram trazidos à tona pelo aprofundamento de Monteiro. Em maio de 2016, "bRpsd" violou o banco de dados de um site da darknet que oferece pistoleiros e atiradores de aluguel: o Besa Mafia.

A Besa Mafia oferece assassinos para matar alguém por valores de de US$ 5.000 a US$ 200.000. A partir desse despejo de dados, carregados em um site público de internet, a polícia conseguiu rastrear uma conexão do Sr. Allwine. Eles descobriram que o Sr. Stephen Allwine vem usando a Darknet desde 2014 utilizando o nome "dogdaygod", que está vinculado ao seu endereço de e-mail: dogdaygod@hmamail.com.

Com uma análise minuciosa do despejo de dados, os pesquisadores descobriram o email do Sr. Allwine na lista de clientes da Besa Mafia.

Os registros de queixas criminais mostram que o Sr. Allwine deveria pagar a Besa Mafia entre US$ 10.000 e US$ 15.000 para os assassinos que supostamente matariam sua esposa.

Um scam que levou a resolver o caso

No entanto, descobriu-se que a Besa Mafia era um scam, pois eles estavam apenas recolhendo Bitcoins de seus clientes, embora eles não necessariamente realizassem a missão de matar seu suposto alvo.

No caso do Sr. Allwine, após ter transferido os fundos para Besa Mafia, seus comunicadores lhe disseram que seu pistoleiro havia sido detido pela polícia e preso.

No entanto, os pesquisadores descobriram que ninguém foi deitdo ou preso em Minnesota durante esse período, criando assim a suspeita de que o próprio Sr. Allwin cometeu o crime em vez do assassino.

É provável que a violação de dados do pesquisador independente tenha impactado o caso do Sr. Allwine com base nos vários dados que desvendou, já que o Tribunal distrital de Washington County acusou o Sr. Allwine de assassinato em primeiro grau em 24 de março de 2017.

Além disso, os investigadores da polícia também descobriram que o corpo da Sra. Allwine continha um alto nível de uma droga chamada escopolamina, que os investigadores mais tarde descobriram que foi comprada pelo Sr. Allwine na Darkweb.


Siga-nos no Facebook