Empresa de caixa eletrônico de Bitcoin, LibertyX, expande seus pontos de ATM via nova parceria

A LibertyX, empresa que lançou o primeiro caixa eletrônico (ATM) Bitcoin ( BTC ) da América, adicionará 90 novas máquinas à sua rede.

Para expandir a rede, a LibertyX, sediada em Boston, fez uma parceria com a operadora de ATM independente DesertATM, de acordo com um relatório da ATMmarketplace, publicação do mercado de ATM mundial, em 18 de julho.

Como parte da parceria, a DesertATM fará o upload do LibertyX em 90 dos seus caixas eletrônicos Genmega para permitir as operações do Bitcoin. Os novos locais de ATM da Bitcoin incluirão postos de gasolina, como AMPM, ARCO e Chevron, bem como lojas de varejo da Family Dollar, segundo a nota enviada à imprensa.

Em outubro de 2018, a LibertyX associou-se à Genmega, um fornecedor de ATMs que atende ao mercado Independent ATM Deployment, para permitir que os usuários usem seus cartões de débito para comprar Bitcoin em qualquer máquina Genmega habilitada para BTC.

O CEO da LibertyX, Chris Yim, afirmou que a empresa tem feito parcerias com operadores de ATM que já possuem locais para oferecer serviços LibertyX em suas máquinas. De acordo com Yim, a rede da empresa agora abrange 43 estados e permite que os usuários comprem o Bitcoin de um caixa eletrônico usando seu cartão de débito ou um quiosque, com um limite de US$ 3.000 em Bitcoin por vez.

Como previamente relatado, LibertyX obteve uma BitLicense emitido pelo Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York em janeiro 2019 ao lado de aplicativo de estoque e negociação com criptomoedas Robinhood.

Recentemente, a Coinsquare, exchange canadense, anunciou que adquiriu um software que permite aos caixas eletrônicos tradicionais vender criptomoedas como o Bitcoin. A notícia veio em meio a um relatório de uma possível proibição de caixas eletrônicos de Bitcoin em Vancouver devido a preocupações com lavagem de dinheiro.