Presidente da CFTC dos EUA diz que Bitcoin e ETH são commodities e que status do XRP permanece 'incerto'

O Bitcoin (BTC) e Ether (ETH) são commodities, enquanto o status do XRP ainda é "incerto", segundo a presidente da Commodity Futures Trading Commission (Comissão de Negociação de Futuros e Commodities - CFTC) dos Estados Unidos.

A presidente da CFTC Heath Tarbert reinterou a posição da reguladora sobre o Bitcoin e o Ether em uma entrevista para o canal de notícias online Cheddar em 13 de janeiro. Tarbert disse:

"Então, agora, Bitcoin e Ether são dois que achamos que estão sob nossa jurisdição."

Nos Estados Unidos, a CFTC é responsável pela regulamentação de commodities, enquanto os títulos são da Comissão de Valores Mobiliários. Ao mesmo tempo, a presidente aparentemente pela primeira vez expressou seus pensamentos sobre o XRP - a terceira maior criptomoeda por valor de mercado. O que quer dizer que a posição da CFTC permanece incerta.

Tarbert fala sobre XRP como valor mobiliátio ou commodity pela primeira vez

De acordo com Tarbert, o status regulatório do XRP ainda não está claro até agora, apesar do trabalho da CFTC com a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) para "realmente pensar sobre o que cai em que caixa" no ano passado. Tarbert disse:

"Temos trabalhado em estreita colaboração com a SEC ao longo do ano passado para realmente pensar sobre qual é a caixa, porque acho que se ouço algo dos participantes do mercado é que precisamos realmente de clareza. Que, sem clareza, é realmente difícil descobrir como isso será regulamentado. "

CFTC permite que mercados futuros se desenvolvam com base em criptomoedas

Além disso, a presidente da CFTC também confirmou sua posição positiva em relação ao mercado de ativos digitais, observando que a autoridade tem contribuído ativamente no mercado. Tarbert observou: 

"De muitas maneiras, o que estamos regulamentando, estamos criando um mercado para ativos digitais, por isso estamos permitindo que ativos digitais - aqueles que se enquadram em nossa jurisdição e que sejam, principalmente, tenham que ser uma mercadoria".

A presidente continuou dizendo que, ao permitir que as criptomoedas “entrem no mundo da CFTC”, o regulador está permitindo que o mercado futuro se desenvolva com base nesses produtos. De acordo com Tarbert, o CFTC está gradualmente ajudando a legitimar o mercado e a adicionar liquidez ao mercado de moeda digital, fornecendo a ele os recursos do mercado futuro, como descoberta de preços, hedge, gerenciamento de riscos e outros.

Heath Tarbert, que sucedeu o ex-residente CFTC Christopher Giancarlo em julho de 2019, disse pela primeira vez que o Ether é considerado pelo regulador como uma commodity em outubro de 2019. A CFTC fez anteriormente uma declaração semelhante sobre o Bitcoin em março de 2018.

Status regulamentar do XRP até agora não era claro.

Enquanto isso, o status regulatório do XRP ainda não está claro, principalmente depois que a Ripple, a empresa por trás do token, enfrentou uma ação coletiva alegando que ela mantinha uma venda não registrada de valores mobiliários. Supostamente registrado em 2018 e tendo ganhado força em agosto de 2019, o processo alega que a Ripple enganou os investidores e vendeu o XRP como uma garantia não registrada em violação à lei federal.

Posteriormente, a Ripple apresentou um pedido para arquivar o processo no início de dezembro de 2019, alegando que o caso é contraditório e "autodestrutivo". Anteriormente, a Cointelegraph publicou um artigo especial sobre o complicado status regulatório do XRP. 

A Cointelegraph entrou em contato com a Ripple sobre a recente declaração da presidente da CFTC sobre o status regulatório incerto do XRP, mas ainda não recebeu uma resposta até o momento.