Empresa de biotecnologia transformada em mineradora Riot Blockchain reporta prejuízo líquido de US$ 58 milhões em 2018

A empresa de biotecnologia transformada em mineradora Riot Blockchain reportou prejuízo líquido de cerca de US$58 milhões em seu balanço financeiro divulgado em 2 de abril.

Segundo o relatório, o prejuízo líquido da empresa teria sido atribuído a deficiências agregadas não relacionadas a caixa, depreciação, amortização e despesas com remuneração baseada em ações no valor de aproximadamente US $ 45,2 milhões. A empresa também teria gerado receita de US$ 7,7 milhões através da mineração de 1,081 Bitcoins (BTC), incluindo a conversão em Bitcoin Cash (BCH), e 3,023 Litecoins (LTC) durante o ano.

A empresa ainda diz que não possui dívidas de longo prazo e que, antes da depreciação, amortização e imparidade, percebeu uma margem bruta positiva de 33%. A Riot Blockchain também diz que a investigação do Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA sobre a companhia está em andamento e que a empresa está colaborando com o regulador.

Finalmente, o relatório diz que a empresa havia garantido US $ 3 milhões em financiamento através de uma organização de credores.

Como o Cointelegraph já publicou, a empresa recebeu uma intimação da SEC depois de mudar seu nome para incluir a palavra blockchain (como muitas outras empresas fizeram) em abril do ano passado.

A companhia ainda diz que o trabalho com a sua exchange RiotX está em andamento depois de ter aplicado em março junto ao SEC para seu lançamento no segundo trimestre de 2019.