Exchange Binance vai restringir acesso para usuários residentes no Japão

Em um anúncio de 15 de janeiro no site japonês da Binance, a exchange revelou que em breve restringirá o acesso aos residentes do Japão, com a data ainda não especificada.

Dizem que a restrição será implementada gradualmente, com detalhes a serem revelados posteriormente, de acordo com o anúncio.

Atualmente, não há restrições e os usuários japoneses podem operar a exchange normalmente.

Binance tinha sua matriz no Japão antes de migrar para a China. Como o Cointelegraph publicou em março de 2018, a exchange mudou suas operações para Malta após um aviso oficial dos reguladores japoneses devido à falta de uma licença de exchange nacional.

Desde então, várias exchanges foram registradas junto ao órgão regulador. A rival da Binance, Huobi, obteve a licença em janeiro de 2019, enquanto a exchange BitBox da empresa japonesa LINE conseguiu a sua em setembro

A Binance pode ter encontrado dificuldades regulatórias semelhantes, apesar de não residir legalmente no país. A exchange Kraken deixou de prestar serviços aos residentes japoneses em abril de 2018, alegadamente citando custos crescentes dos negócios - potencialmente devido ao requisito de licenciamento.