Suas conversas são realmente privadas? Razões para mudar para o Blockchain-Based Messenger

Não ler a correspondência dos outros é uma cortesia básica e, é claro, parte dos bons modos. É também a coisa certa a se fazer e ensinamos isso às crianças todo o tempo. Porém, quando falamos sobre comunicações online, quase todos os governos querem ler seus e-mails e dar uma olhada nas suas conversas.

A vulnerabilidade é preocupante

O direito à privacidade, que não deveria ser debatível, agora é um tópico de discussão da mídia. Como acabamos em uma sociedade na qual nossa correspondência privada passou de sacrossanta para se tornar um mundo cheio de espiões curiosos?

Não é apenaso governo que quer ver suas comunicações, mas também vendedores de mercadores, anunciantes, fraudadores, e, talvez, até seus chefes e aqueels que você ama. Neste dias de hoje, quando nós estamos tão vulneráveis, talvez nós devamos tomar o controle de nossa própria privacidade.

Na nossa vida cotidiana, usamos comunicadores instantâneos e aplicativos móveis para falar com quem amamos, discutir sobre o trabalho e até concluir importantes negociações financeiras. Muitos entusiastas das criptomoedas podem até tocar os negócios e negociar usando softwares de mensagens na internet.

Aplicativos de mensagens populares como WhatsApp, Telegram, Facebook Messenger, Skype e outros estão propensos a vulnerabilidade na segurança. Mesmo que mensageiros como WhatsApp e Telegram tenham implementado encriptação de ponta a ponta, eles ainda estão sujeitos a ataques-de-intermediários ou ataques no próprio aparelho. Alguns mensageiros podem até mesmo deixar "portas secretas" para os governos conseguirem uma interceptação.

Onde entra a tecnologia Blockchain

Crypviser, o primeiro aplicativo unificado de cruzamento de plataformas no Blockchain, é mensageiro que procura resolver vários problemas. podendo ser o de uma conversa escrita, chamada de áudio ou vídeo, compartilhamento de foto/vídeo/arquivo, conferência de voz etc. A cripto carteira integrada no aplicativo permite aos usuários manter, administrar e transferir dinheiro através do sistema CVPay.

O mensageiro Crypviser pode não apenas proteger usuários casuais como também especialistas, como jornalistas dentro e fora do trabalho, pessoas de negócios, políticos ou qualquer um que corra o risco de ser grampeado. 

A razão principal pela qual o Crypviser é mais seguro é que ele usa o Blockchain em conjuto com o que eles descrevem como uma "real" criptografia de ponta a ponta é uma rede de comunicações unificada e segura.

Dados mantidos no aparelho também estão critografados e seguros. Com a autenticação de do Blockchain instalada, os usuários podem identificar e confirmar chaves públicas que eles possuem e a ameaça do intermediário é eliminada. Informações detalhadas de como o Crypviser funciona podem ser encontrados aqui.

A secure sync system makes sure that devices sync up with encryption in place. O Crypviser também apresenta um sistema de "detecção inteligente de intrusos" que visa proteger e evitar tentativas de invasão de terceiros. A cereja do bolo é o suporte do Cryviser a múltiplos aparelhos e isso possiblita aos usuário trabalharem através do universo tecnológico.

Evento em andamento de ICO uma chance de suportar a privacidade

A criptomoeda que a Crypviser está lançando é chamada CVCoins é a oferta pública está em andamento até até 30 de junho de 2017. Isso dá ao público uma oportunidade para apoiar a plataforma do mensageiro que mantém a questão da privacidade em seu cerne. A comunidade da criptomoeda pode ter uma plataforma onde não paenas trocam criptomoedas privadamente, mas também podem falar sobre isso de maneira confidencial

CVCoins (CVC) estão disponíveis com desconto de cinco por cento no momento eelas serão listadas nos mercados a um valor inicial de 0.99 EUR por 1 CVC. Os investidores podem comprar no máximo 10 milhões de moedas durante a oferta pública.


Siga-nos no Facebook