Carteira Abra apresenta opção de investimento em Bitcoin para ações e ETFs

A carteira digital Abra introduziu novos recursos que permitem aos investidores globais investir em ações e fundos negociados em bolsa (ETFs) usando o Bitcoin (BTC), de acordo com um comunicado de imprensa compartilhado com a Cointelegraph em 6 de fevereiro.

A empresa, sediada nos EUA, anunciou o registro antecipado de acesso à plataforma, permitindo que investidores em mais de 155 países investissem em 50 novos ativos de investimento tradicionais, sem taxas de negociação até o final de 2019, usando a cripto líder.

Esses ativos supostamente incluem ações importantes como Facebook, Apple, Amazon, Google, Netflix, commodities como SPDR Gold Trust, ETFs como Vanguard Growth e S&P 500, e índices como o Russell 2000 e outros.

De acordo com o press release, as ações e investimentos em ETFs da plataforma Abra são baseados em um novo modelo de investimento chamado Crypto Collateralized Contracts (C3s), que permite aos investidores realizar investimentos em qualquer ativo usando Bitcoin (BTC) e contratos inteligentes.

A publicação técnica Hard Fork explica que a Abra ganha dinheiro através da adição de seu novo recurso ao cobrar um spread quando as criptomoedas são trocadas, essencialmente uma cobrança baseada na diferença entre os preços mais baixos e mais altos de um ativo no momento da negociação.

A Hard Fork observa que a oferta da Abra poderia ser comparada a aplicativos comerciais como o BUX e Plus500, acrescentando que os investidores perderam quantias significativas de dinheiro usando sistemas similares de negociação.

Comparável a possuir uma fração de Bitcoin, espera-se que os clientes da Abra comprem frações de ações de alto preço e ETFs, afirma o anúncio.

A Hard Fork informa que, como o investimento de um usuário é imediatamente convertido em Bitcoin - embora exibido em dólares no aplicativo - a Abra incluirá o BTC para manter seu saldo se o preço do Bitcoin for alterado. Quando um usuário faz um investimento, as alterações no preço da ação ditarão quanto o Bitcoin é adicionado e retirado das posses do usuário.

No início de janeiro, o estado norte-americano de Wyoming apresentou uma lei permitindo a emissão de tokens baseados em blockchain que representam ações. Se aprovada, a legislação entrará em vigor em 1º de julho de 2018.

Recentemente, a tZERO, subsidiária de cripto do gigante do e-commerce Overstock.com, lançou negociações secundárias de tokens tZERO, permitindo que os investidores negociassem os tokens de segurança através de uma conta de corretagem de títulos digitais no Dinosaur Financial Group.

Anteriormente, a tZERO havia registrado uma patente para uma plataforma de integração de cripto que troca itens de corretores e depois traduz os pedidos em pedidos cripto em uma exchange digital, incluindo títulos, tokens, ações digitais, equivalentes a dinheiro e ativos digitais.