200 mil clientes 'já estão na fila' para negociação fracionária de ações

Mais de 200.000 clientes da Robinhood já expressaram sua intenção de usar seu novo aplicativo de negociação de ações anunciado em 12 de dezembro.

Vladimir Tenev, co-fundador da Robinhood, disse que os clientes "já estavam na fila" para o aplicativo, considerando os primeiros sinais como "realmente promissores", relata a CNBC em 13 de dezembro. Depois que a base de usuários da Robinhood ultrapassou recentemente 10 milhões de contas, a empresa agora está avaliada em US$ 7,6 bilhões e planeja expandir seus negócios para o Reino Unido, segundo dados recentes.

Os usuários podem comprar fatias de ações da Amazon e ETFs por apenas US$ 1

A Robinhood, uma importante empresa de serviços financeiros da Califórnia, conhecida por seu aplicativo de negociação de criptomoeda de taxa zero, anunciou seus planos de lançar uma negociação fracionada de ações.

De acordo com um relatório do Business Insider, a Robinhood começará a implantar o serviço para determinados clientes em 16 de dezembro. O recurso também permitirá que os usuários invistam em partes de fundos negociados em bolsa (ETFs), observa o relatório.

Ao lançar o serviço, a empresa aparentemente quer atrair investidores iniciantes, já que o aplicativo permitirá comprar fatias de ações em empresas populares como a Amazon - que é negociada a US$ 1.765 por ação no momento desta publicação - por apenas US$ 1.

Tenev disse:

“Em particular, com esse recurso, vemos os olhos dos clientes brilharem quando depositam US$ 10 ou US$ 100 e todo o universo de ações em que eles gostariam de investir, ou ações que representam empresas que produzem produtos que amam, estão disponíveis para eles.”

Outras grandes empresas que oferecem serviços similares

A Robinhood não é a primeira empresa a permitir que investidores comprem pequenos pedaços de grandes ações. No final de outubro, a Square, empresa de serviços financeiros do CEO do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que oferecerá aos usuários a capacidade de negociar frações de uma ação por apenas US$ 1 em seu aplicativo Cash. Antes disso, o gigante dos investimentos nos Estados Unidos, Charles Schwab, anunciou uma iniciativa semelhante em 17 de outubro.

Conforme relatado em 22 de novembro, o gigante americano de serviços financeiros, JPMorgan, anunciou uma iniciativa semelhante, permitindo que contas com menos de US$ 5.000 em ETFs e saldos em dinheiro, negociem ações inteiras e fracionárias.

Segundo o Business Insider, o gerente de produto da Robinhood, Abhishek Fatehpuria, se recusou a revelar quando a empresa começou a trabalhar em ações fracionárias, observando que eles estão pensando na iniciativa "há algum tempo".

A notícia chega depois que a Robinhood decidiu voluntariamente retirar seu pedido de charter bancário junto ao Escritório da Controladoria da Moeda no final de novembro, a candidatura ocorreu em abril deste ano.