Zcash doa US$ 40.000 a um desenvolvedor canadense de mensagens privadas

A Zcash Foundation, empresa centrada na privacidade e por trás do Zcash (ZEC), doou US$ 40.000 a um desenvolvedor de mensagens privadas do Canadá. A Open Privacy Research Society, um grupo sem fins lucrativos que trabalha no Cwtch, um programa de mensagens resistente a metadados e descentralizado, recebeu 1.044 ZEC da Zcash, anunciou a organização em 3 de dezembro.

Conforme descrito pela Open Privacy, o Cwtch é uma plataforma para a construção de infraestrutura descentralizada, com base em aplicativos de comunicação resistentes a metadados. Derivado de uma palavra galesa que significa "um abraço que cria um espaço seguro", o Cwtch é uma extensão do Ricochet, protocolo resistente a metadados, que oferece suporte a "comunicações assíncronas de grupos multi-pares por meio de infraestrutura anônima descartável."

Open Privacy integra a plataforma com pagamentos anônimos baseados na tecnologia do Zcash

De acordo com a visão focada no anonimato da plataforma, a Open Privacy também está trabalhando para fornecer aos usuários do Cwtch opções de pagamento anônimas. Como tal, a empresa implementou um sistema de protótipo baseado na carteira cripto nativa da Zcash Foundation, a ZecWallet.

No anúncio, a Open Privacy escreveu que o Zcash é uma das poucas criptomoedas que fornecem diretamente uma maneira de transmitir dados significativos juntamente com um pagamento e não comprometem as metas de resistência a metadados do Cwtch. No entanto, o protótipo baseado no Zcash não permite que os usuários gastem tokens, pois ele foi escrito apenas para demonstrar a integração do Zcash, observou a Open Privacy.

O Zcash é um importante projeto de criptomoeda voltado para a privacidade

Lançado em 2016, o Zcash é uma grande criptomoeda, focada em fornecer aos usuários transações privadas, semelhantes a moedas como o Monero (XMR).

Conforme relatado, o Zcash usa uma iteração especial de provas de conhecimento zero, denominadas Zero-Knowledge Succinct Non-Interactive Argument of Knowledge (zk-SNARKs), que permite que as transações nativas permaneçam totalmente criptografadas enquanto ainda são verificadas pelas regras de consenso da rede. Segundo o co-fundador da Ethereum, Vitalik Buterin, o zk-SNARK é um exemplo dos únicos conjuntos de anonimato globais que são seguros.

Em meados de novembro, um especialista do setor argumentou que o Bitcoin (BTC) deve introduzir recursos de anonimato, como os fornecidos pelo Zcash ou Monero. Caso contrário, o Bitcoin perderá sua resistência à censura, declarou o especialista.

Até o momento, o Zcash é classificado como a 33ª maior criptomoeda, com uma capitalização de mercado de US$ 219 milhões. A moeda caiu 1,2% nas últimas 24 horas, sendo negociada a US$ 27 no momento desta publicação, de acordo com a Coin360.

Gráfico de preços de todos os tempos do Zcash. Fonte: Coin360