Hotels.com passa a oferecer recompensas em Bitcoin a partir de reservas

O app de compras e recompensas em Bitcoin (BTC) Lolli expandiu seus negócios a partir de uma parceria com o importante serviços de reservas Hotels.com, conforme a empresa anunciou em um post de 25 de junho.

Com a nova parceria, a empresa baseada em Nova York agora tem dois dos maiores sites de viagens entre seus parceiros, incluindo o Booking.com e agora o Hotels.com, diz a Lolli no anúncio, citando dados do serviço de análise de tráfego online SimilarWeb. 

Fundado em março de 2018, o Lolli permite aos usuários ganhar Satoshis (SATS), a menor quantia divisível do Bitcoin valendo 0.00000001 BTC, enquanto o usuário compra online. A empresa diz que é a primeira aplicação de recompensas em Bitcoin, com mais de 500 marcas parceiras, incluindo a marca líder do serviço de hotelaria global Hilton, assim como outros gigantes como Marriott, VRBO e Priceline, entre outros.

Após a parceria com a Hotels.com, a Lolli agora permite que os viajantes globais recebam até 3,5% de Bitcoins de retorno das compras no site, segundo a empresa diz no post.

A Hotels.com é um grande serviço de reservas de acomodações online, com mais de 350.000 propriedades listadas em cerca de 19.000 localidades ao redor do mundo.

Antes do anúncio da parceria, o Lolli comandou um quiz de distribuição de brindes no Twitter, prometendo dar 1 milhão de Satoshis, ou 0.01 BTC (cerca de US$ 100) para o primeiro que adivinhasse sua nova parceira.

Em novembro de 2018, o Lolli arrecadou US$ 2,25 milhões em uma rodada de financiamento recheada de investidores, incluindo o Digital Currency Group.

O Bitcoin não é nenhum estranho na indústria de viagens. A Cheapair foi uma das primeiras empresas a aceitar BTC em 2014. Recentemente, em abril, a maior agência de gestão de viagens do Reino Unido,  a Corporate Traveller, anunciou que vai começar a aceitar Bitcoin como pagamento.