XRP pode cair 20%, diz trader que acusa Ripple de manipulação de mercado

A altcoin XRP recebeu novas acusações de que seu preço é artificialmente alto e um conhecido trader de criptomoedas avisa sobre sérios prejuízos.

Brandt: Ripple manipula o XRP há anos

Em uma série de “tuítes” em 14 de agosto, Peter Brandt acusou a emissora e maior detentora de tokens de XRP, a Ripple, de manipulação de preços.

O XRP caiu para o seu nível mais baixo frente ao Bitcoin (BTC) em mais de dois anos, enquanto o par XRP/USD circulou mínimos de 11 meses.

Para Brandt, no entanto, mesmo os atuais níveis de US$ 0,26 são o resultado da intervenção manual da Ripple e não das forças naturais do mercado. Se a prática falhar, o token pode despencar mais 20%.

“A Ripple será capaz de manipular o mercado para manter o$XRP acima de .2400? Um sério colapso nesse nível, e em .020725 são favas contadas”, escreveu ele em comentários acompanhando um gráfico de preços do XRP/USD.

Quando questionado sobre seu uso da linguagem, Brandt se defendeu, referenciando as recentes vendas de executivos da Ripple como prova de que os mercados estavam sendo administrados estrategicamente. Outros dados mostraram que a Ripple vendeu mais XRP em 2019 do que em qualquer outro momento de sua história.

"Eu usei 'manipular' porque é exatamente o que a Ripple vem fazendo desde que introduziu o XRP", continuou ele. Em um outro “tuíte”, ele escreveu:

“O padrão gráfico por muitos, muitos meses mostrou a distribuição do XRP pela Ripple - ela manipulou o preço para manter o suporte. Mas se o apoio for rompido, a Ripple será forçada a se livrar de tudo de uma forma considerável.”

O divisor de águas nos EUA se aproxima

A Ripple já estava no centro das atenções nesta semana em meio a sinais de que os reguladores dos Estados Unidos poderiam em breve se envolver em uma ação judicial relacionada ao status do XRP como título.

Enquanto o Reino Unido reconheceu formalmente o XRP como um utility token, o processo dos EUA se baseou em indicações recentes da Comissão de Valores Mobiliários, ou SEC, de que a criptomoeda é de fato um título, de acordo com os padrões locais.