Ripple vendeu mais de US$ 250 milhões em XRP no segundo trimestre de 2019

A Ripple, a empresa por trás da XRP, a terceira maior criptomoeda por valor de mercado, revelou que vendeu US$ 251,51 milhões em XRP no segundo trimestre de 2019. A Ripple publicou seu relatório do segundo trimestre em 24 de julho.

De acordo com o relatório, a Ripple vendeu aproximadamente US$ 169,42 milhões em XRP durante o primeiro trimestre de 2019. Isso significa que as vendas de XRP trimestre a trimestre aumentaram em aproximadamente 48%.

Em relação às suas vendas trimestrais de XRP, o relatório afirma que a Ripple reduzirá substancialmente as vendas futuras de tokens. Além disso, a Ripple observou que restringiu as vendas de XRP durante o trimestre devido a volumes de negociação supostamente inflacionados. Como tal, o relatório diz que pausou temporariamente as vendas programadas e colocou limites nas vendas institucionais.

O relatório afirma que a empresa vendeu US$ 106,87 milhões através de vendas diretas institucionais e US$ 144,64 milhões em vendas programadas. 

O relatório também cobriu a atividade de caução XRP da empresa no trimestre. A Ripple explicou seu sistema de depósito em 2017, dizendo que o depósito forneceria um suprimento constante de XRP. 

Em seu relatório do segundo trimestre de 2019, a Ripple afirma que retirou um bilhão de depósitos a cada mês durante o trimestre, totalizando três bilhões de XRP. Dos três bilhões, 2,1 bilhões foram reinvestidos em contratos de caução. Os outros 0,9 bilhões foram supostamente usados ​​para financiar o desenvolvimento de XRP através de suas parcerias com a incubadora, Xpring e RippleNet. 

Como previamente relatado por Cointelegraph, Xpring anunciou em 3 de julho que tinha gasto US$ 500 milhões em projetos de XRP desde a sua criação, cerca de um ano atrás. No recente anúncio, a Xpring disse que priorizaria a criação de novos casos de uso de XRP através de desenvolvimentos de infraestrutura e projetos inovadores.