WSJ: Bilionário japonês e fundador do SoftBank perdeu US$ 130 milhões em investimento em Bitcoins

O bilionário japonês e fundador do conglomerado multinacional SoftBank Group, Masayoshi Son, teria perdido mais de US$ 130 milhões em seu investimento em Bitcoins (BTC), informou o Wall Street Journal nesta terça-feira, 23 de abril.

Segundo a reportagem, pessoas familiarizadas com o assunto afirmam que Son fez o investimento por recomendação de Peter Briger, copresidente da empresa de gestão de ativos Fortress Investment Group.

A Fortress Investment comprou Bitcoins em 2013. Quando a SoftBank adquiriu a Fortress em fevereiro de 2017, suas participações (incluindo a criptomoeda) valiam mais de US$ 150 milhões. No entanto, Son investiu na moeda perto de seu recorde de US$ 20 mil no final de 2017 e vendeu no início de 2018 depois que o preço despencou.

A Bloomberg estima que o patrimônio líquido de Masayoshi seja de US$ 18,8 bilhões, observando um crescimento de mais de 54% no último ano. O SoftBank Group, por outro lado, tem uma receita anual de US$ 6,3 bilhões. Em setembro de 2018, o Cointelegraph informou que a empresa estava desenvolvendo um serviço de pagamentos móveis com blockchain.

O cofundador da Apple, Steve Wozniak, cujo patrimônio é estimado em mais de US$ 100 milhões, já admitiu ter investido em Bitcoins. Ainda, como informou o Cointelegraph em janeiro, ele disse que vendeu todas as suas ações de BTC quando o preço atingiu US$ 20 mil em dezembro de 2017.