WSJ: Bitcoin Trust da Grayscale superou tudo no H1 de 2019

O Bitcoin Trust (GBTC) do fundo de gestão de ativos digitais da Grayscale Investments tem alta de quase 300% no ano, revelam dados da Morningstar através do Wall Street Journal (WSJ).

Até 9 de julho, o trust rendia uma valorização de 296% no acumulado do ano - um aumento estratosférico emem comparação com os investimentos tradicionais refletidos no S&P 500 (18,7%) e no Global Dow (12,9%) no mesmo período.

Grayscale Bitcoin Trust (GBTC)

Bitcoin Trust (GBTC) da Grayscale. Fonte: Avaiações da Morningstar através do Wall Street Journal em 9 de julho

No final de junho, uma reportagem do WSJ indicava que os retornos estonteantes do fundo haviam garantido sua posição como o fundo de melhor desempenho do mercado. O trust compra Bitcoin (BTC) diretamente e negocia suas ações na OTCQX (OTC), como observou observou a reportagemà época.

O WSJ ressaltou ainda que o desempenho meteórico do fundo não é sem precedentes - durante a corrida histórica do Bitcoin no inverno de 2017, o GBTC refletiu uma apreciação de 1.391,44% ao longo do ano até o momento.

A Grayscale - que é de propriedade do Digital Currency Group Inc. - revelou ao WSJ que os ativos de GBTC sob gestão em 28 de junho haviam atingido US$ 2,56 bilhões, respondendo pela maior parte dos ativos de US$ 2,69 bilhões da Grayscale.

Aqueles que pretendem receber uma emissão primária do fundo do trust devem ter status de investidor credenciado e investir um mínimo de US$ 50.000 em ações há pelo menos um ano antes da revenda no OTCQX.

Juntamente com a sua principal empresa, lançada em setembro de 2018, a Grayscale lançou uma série única de fundos de cripto - entre eles de Ethereum Classic (ETC), Zcash (ZEC) e Litecoin (LTC) - bem como ofertas diversificadas, como Fundo Digital de Grande Porte.

Como revelou um relatório publicado pela Grayscale no início deste ano, as instituições representaram 66% dos investimentos, com 88% dos novos ingressos indo para o GBTC - uma tendência que a empresa caracterizou como o “retorno do Bitcoin maximalista”.

Ontem, a empresa anunciou que estava retomando a colocação privada de ações no GBTC, com uma ação representando atualmente 0,00097876 BTC.

Em maio, a Grayscale reportou que, de um total de US$ 2,1 bilhões em ativos sob sua gestão, US$ 1,97 bilhão estavam no Bitcoin Trust.

Naquele mesmo mês, a pesquisa da Grayscale indicou que o Bitcoin havia ganhado 47% entre 5 e 31 de maio em um momento de intensificação das tensões comerciais entre EUA e China, tornando-se o ativo de melhor desempenho do período - em contraste com o yuan chinês.