Grayscale Investments retoma a negociação privada de ações fiduciárias baseadas em Bitcoin

A Grayscale Investments retomou a negociação privada de ações da Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), de acordo com um comunicado de imprensa em 8 de julho.

De acordo com o anúncio, a negociação privada de ações da GBTC é oferecida periodicamente a investidores credenciados - conforme definido na Regra 501 (a) da Regulation D nos termos do Securities Act - para subscrição diária. 

De acordo com o relatório, as ações da GBTC são projetadas para permitir que investidores coloquem dinheiro em bitcoins (BTC) através de uma estrutura de investimento tradicional. As ações têm a intenção de se correlacionar estreitamente em valor ao BTC, mas são ações mantidas em nome de um investidor, em vez da própria criptomoeda .

O anúncio afirma que uma parte do GBTC atualmente representa 0,00097876 Bitcoin. No momento da impressão, o GBTC supostamente detém mais de US$ 2,66 bilhões em ativos sob gestão, um notável aumento obtido em poucos meses.

Em maio, a Grayscale informou que, de um total de US$ 2,1 bilhões em ativos estava sob gestão sendo que US$ 1,97 bilhão estavam em seu Bitcoin Trust.

Como relatado anteriormente pela Cointelegraph, a Grayscale observou que, de acordo com sua pesquisa, o bitcoin (BTC) ganhou 47% entre os dias 5 e 31 de maio, durante a guerra comercial entre Estados Unidos e China. Eles também observaram que o BTC foi o ativo com melhor desempenho neste período, enquanto o yuan chinês desvalorizou em valor. 

A empresa vê isso como confirmando a teoria de que o bitcoin floresce quando os ativos tradicionais se debatem. O diretor de investimentos e pesquisa da Grayscale, Matthew Beck, comentou:

"Embora ainda seja muito cedo no ciclo de vida do Bitcoin como um ativo de investimento, identificamos evidências que apóiam a noção de que ele pode servir como um hedge em uma crise de liquidez global, particularmente aquelas que resultam em desvalorizações monetárias subseqüentes".