Lobo de Wall Street chama o Bitcoin de

Mais uma crítica de alto perfil aparece contra o Bitcoin, desta vez do próprio "Lobo de Wall Street", Jordan Belfort.

Belfort chamou o Bitcoin de uma fraude e disse que "o maior problema que eu vejo no Bitcoin e porque eu nunca o compraria, é que eles podem facilmente roubá-lo de você através de hack. Conheço pessoas que perderam todo esse dinheiro assim".

Ele veio apenas algumas semanas depois que o CEO do Banco de Chase, Jamie Dimon, chamou o Bitcoin de uma fraude e deixou clara sua aversão ao Bitcoin quando sugeriu que ele demitiria qualquer empregado que negociasse o Bitcoin nas contas da empresa. No entanto, o JP Morgan comprou um grande bloco de Bitcoins dias após a declaração do CEO.

Mas Jamie Dimon não é o único com essa visão sobre Bitcoin. Ray Dalio, fundador e chefe do maior fundo de cobertura do mundo, o Bridgewater, declarou recentemente que o Bitcoin é "um mercado altamente especulativo" e, de fato, é uma "bolha".

Belfort também achou "bizarro" que o Bitcoin é apoiado apenas por um programa que cria escassez artificial e disse que, por isso, a moeda digital não é sustentável.

Embora Belfort acredite no conceito de criptomoeda, ele afirmou que o modelo atual possui muitos problemas. Segundo ele, há um futuro para as moedas digitais, mas ele pensa que é essencial para as moedas digitais obter "algum tipo de apoio" dos governos centrais.

Na opinião dele, um banco central apresentará, cedo ou tarde, sua própria criptomieda, que será mais sustentável.

"Haverá um momento em que todo mundo está enlouquecendo com Bitcoin e se livrará dele e quem sabe o que vai acontecer?"

Em uma situação como essa, não há um tampão como, por exemplo, o Federal Reserve, para amortecer o golpe.

Ele emitiu um aviso final aos investidores e disse: "Tenha muito cuidado para não investir muito dinheiro em algo que possa desaparecer muito rapidamente".