Waves lança protocolo de interoperabilidade independente de blockchain

A plataforma russa de blockchain de código aberto, Waves, está lançando o Gravity Hub, um protocolo independente de blockchain que resolve o problema de interoperabilidade. Também funcionará como um oráculo de dados, alimentando dados do mundo exterior para a blockchain. Sasha Ivanov, fundadora da plataforma Waves e da Waves Enterprise, anunciou o novo projeto em 11 de dezembro, no Waves Meetup em Berlim

Tentando resolver o problema da interoperabilidade da blockchain

O Gravity Hub é essencialmente uma blockchain que não possui tokens, mas que pode se comunicar com outras blockchains, como a plataforma Waves, Waves Enterprise ou Ethereum. Sasha Ivanov explicou a importância do protocolo da blockchain em uma entrevista ao Cointelegraph Germany:

“A incapacidade de compartilhar informações entre diferentes redes blockchain, sem restrições, foi um grande obstáculo ao desenvolvimento do espaço blockchain. Isso precisa ser abordado de uma maneira ou de outra, porque vemos que a blockchain agora será desenvolvida dentro de empresas individuais, ecossistemas individuais e haverá necessidade de interação. Essa solução possibilita a adoção em massa e permite que a indústria evolua ainda mais.”

De acordo com Sasha Ivanov, o Gravity Hub fornecerá interoperabilidade no nível do protocolo e no nível do aplicativo descentralizado, permitindo que o dApp envie uma solicitação para outro dApp em uma blockchain diferente.

Protocolo de interoperabilidade

Os nodes do Gravity Hub poderão receber cabeçalhos de bloco da rede Ethereum e enviá-los para a plataforma Waves. Se os dados do cabeçalho do bloco Ethereum estiverem disponíveis na plataforma Waves, será possível que as taxas provem que uma transação específica foi feita na Ethereum.

Para transferir tokens entre blockchains, serão usadas portas de token. O Hub também será conectado às cadeias de usuários e o Waves Matter, o mecanismo de blockchain do Waves, "pode ser montado em qualquer configuração, para diferentes fins".

Como os nodes serão divididos no núcleo principal e em vários plugins obrigatórios e adicionais, os usuários poderão escolher "linguagens de contrato inteligentes, módulos algorítmicos de consenso, tipos de criptomoeda e outras funcionalidades" para suas próprias cadeias.

Cada membro da rede do Gravity Hub poderá solicitar dados da Oracle de qualquer sistema de informações com APIs que variam do Google aos sistemas ERP.

Outros projetos recentes da Waves

Como o Cointelegraph informou em 11 de dezembro, a Waves e a operadora nacional de rede de energia da Rússia, Rosetti, estão testando uma solução blockchain para pagamentos no setor de varejo de eletricidade.

No início de setembro, a Waves fez a transição para um sistema monetário auto-regulável, permitindo que a comunidade determinasse o tamanho da recompensa da geração de blocos e o fornecimento de moedas.

De acordo com dados do Coin360, o preço do token WAVES caiu mais de 6,7% nas últimas 24 horas, sendo negociado a cerca de US$ 0,60 no momento desta publicação.