Walmart e iniciativa Blockchain IBM pretendem acompanhar a cadeia global de fornecimento de alimentos

O Walmart e nove outras empresas fizeram parceria com a IBM para liberar um blockchain para rastrear globalmente alimentos através de sua cadeia de suprimentos, The Wall Street Journal (WSJ) reportou em 25 de junho.

O blockchain Food Trust, que inclui a Nestlé SA, a Dole Food Co., Driscoll’s Inc., Golden State Foods, Kroger Co., McCormick and Co., McLane Co., Tyson Foods Inc. e a Unilever NV, têm colaborado com a IBM na iniciativa desde 2016, e iniciaram a realização de testes do produto em agosto do ano passado.

O WSJ afirma que a meta da Food Trust é melhorar a capacidade das empresas de identificar questões envolvidas com recalls de alimentos, como rastrear os surtos mais rapidamente para limitar o risco do cliente.

O vice-presidente de segurança alimentar do Walmart, Frank Yiannas, referiu-se ao blockchain da Food Trust como o "equivalente ao rastreamento de alimentos da FedEx"

"Você está capturando dados em tempo real em todos os pontos, em todos os produtos alimentícios".

Embora as marcas envolvidas possam ser concorrentes em alguns casos, Chris Tyas, diretor global da cadeia de fornecimento da Nestlé, disse que, independentemente disso, eles estão "trabalhando juntos para garantir a confiança dos consumidores".

De acordo com a IBM, o sistema Food Trust armazena os dados de cerca de 1 milhão de itens, notando especificamente a abóbora enlatada Nestlé, os morangos de Driscoll e as coxas de frango Tyson.

O WSJ escreve que o blockchain não estava pronto a tempo de ajudar no rastreamento da alface romana contaminada da E.coli nos Estados Unidos que infectou mais de 197 pessoas em cinco estados. Yiannas observa que, mesmo que demore anos para que a indústria de alimentos adote completamente o blockchain, no futuro “os surtos não precisam ser tão grandes e longos”.

Em abril, o Walmart anunciou que estava pronto para usar blockchain para seu negócio de alimentos vivos. A empresa recentemente recebeu uma patente para uso em cadeia blockchain para registros médicos também, e registrou uma patente para um mercado de clientes baseado em blockchain para revender produtos da Walmart.