Agências estaduais de Vermont lançam programa piloto de blockchain para indústria de seguro cativo

Duas agências do governo estadual de Vermont, nos Estados Unidos, lançaram em conjunto um programa piloto blockchain para seguro cativo, de acordo com um anúncio oficial publicado em 11 de janeiro.

O Secretário de Estado Jim Condos e o Comissário do Departamento de Regulamentação Financeira, Michael Pieciak, assinaram um acordo para unir forças para explorar a tecnologia blockchain e os benefícios de sua implementação na manutenção de registros no campo de seguro cativo.

O seguro cativo é uma forma alternativa de autosseguro em que um grupo "mãe" cria uma companhia de seguros licenciada para si própria. O tipo de seguro alternativo ajuda as grandes corporações a garantir seus próprios riscos e reduzir seus montantes à pagar de seguro.

Emitida em 10 de janeiro, a Solicitação de  Informação, desenvolvida em conjunto, pretende identificar possíveis colaboradores para lançar um programa piloto que permita que novas empresas de seguros cativas se registrem junto à Secretaria de Estado usando a tecnologia blockchain.

O programa piloto tem como objetivo testar o potencial da tecnologia de ledger distribuído (DLT) dentro do ambiente regulatório estadual, que abranja uma revisão de regras relevantes para auxiliar na aplicação da blockchain. O secretário Condos afirmou que o piloto permitirá que as autoridades estaduais examinem se a implementação de blockchain para manutenção de registros pode melhorar aspectos do processo regulatório estadual.

A implantação de blockchain na área de seguro cativo em Vermont visa especificamente criar um registro de operações transparente e validado, além de melhorar a precisão dos dados e a eficiência e segurança das práticas tradicionais de manutenção de registros.

A indústria de seguro cativo tem sido cada vez mais importante para a economia de Vermont, com o estado classificado como o terceiro líder global no campo depois das Bermuda e das Ilhas Cayman. Além disso, Vermont tem sido um disruptor ativo na tecnologia blockchain, tendo completado o primeiro piloto imobiliário inteiramente baseado em blockchain nos EUA em 2018.

A tecnologia Blockchain é amplamente implantada no setor de seguros. Em dezembro de 2018, a empresa de seguros norte-americana State Farm anunciou o lançamento do piloto com blockchain para sinistros de automóveis, a fim de acelerar seus processos de sinistros. Também em dezembro, as principais empresas de saúde sediadas nos EUA formaram uma aliança para testar soluções blockchain para melhorar a qualidade dos dados e reduzir os custos operacionais.