VeChain perde US$ 6,6 milhões em token VET em invasão hacker a carteira de recompra

As carteiras da VeChain Foundation foram comprometidas em um ataque de hackers que mirava fundos destinados ao programa de recompra da fundação.

Conforme a VeChain Foundation anunciou em 13 de dezembro, um hacker desconhecido redirecionou 1,1 bilhão de tokens VET - avaliados em aproximadamente US$ 6.600.000 no momento desta publicação - da carteira de recompra da VeChain Foundation para um endereço de carteira pessoal.

Violação da segurança pode ser resultado de uma má conduta interna devido a erro humano

Na atualização inicial sobre o incidente, a VeChain Foundation observou que o hack "não está de forma alguma relacionado" às operações do procedimento padrão atual ou às soluções de carteira de hardware da VeChain.

Um membro da Cointelegraph Consulting também indicou que os produtos empresariais da VeChain não serão afetados.

Segundo o comunicado, a violação de segurança do VeChain provavelmente ocorreu devido à má conduta de um de seus membros da equipe financeira. Especificamente, a pessoa supostamente criou a conta de recompra, violando parcialmente o procedimento padrão aprovado pela Fundação. A equipe de auditoria não detectou a má conduta devido a erro humano, observa o anúncio.

Medidas para resolver a situação e trazer mais transparência

No mesmo anúncio, a Fundação listou uma série de medidas destinadas a mitigar o incidente e obter mais clareza. Como tal, a empresa forneceu um link com o endereço do hacker marcado no VeChainStats para rastrear instantaneamente outros endereços que interagem com o endereço do invasor.