VanEck e SolidX oferecem ETF Bitcoin limitado para instituições através de isenção

Após outro atraso relacionado aos fundos negociados em bolsa (ETFs) Bitcoin, os gestores de ativos VanEck e SolidX planejam oferecer uma versão limitada de seu ETF Bitcoin para investidores institucionais.

A VanEck Securities e a SolidX Management querem começar a vender ações em uma versão limitada de um ETF Bitcoin, usando uma regra que isenta as ações do registro de valores mobiliários, segundo o qual as ações podem ser vendidas apenas a determinados investidores institucionais, informou o Wall Street Journal em 3 de setembro.

ETF Bitcoin de VanEck e SolidX será lançado em 5 de setembro

De acordo com a reportagem, as empresas de gestão de investimentos planejam começar a venda no dia 5 de setembro, de acordo com a Lei 144A da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), que permite a venda de valores mobiliários de capital fechado a "compradores institucionais qualificados".

Ao se valer da isenção da SEC, VanEck e Solid poderão oferecer ações de seu VanEck SolidX Bitcoin Trust a instituições como bancos e fundos de cobertura, mas não a investidores de varejo, observa a reportagem.

Desde que VanEck e SolidX solicitaram em conjunto à SEC que listasse um ETF Bitcoin em 2018, o regulador adiou a decisão sobre o assunto várias vezes, tendo aprovado um total de zero ETFs Bitcoin até o momento.

Em 12 de agosto, a SEC postergou novamente sua decisão sobre três ETFs Bitcoin, incluindo VanEck SolidX, Bitwise Asset Management e Wilshire Phoenix.