EUA ranqueado como o país "mais favorável" para a ICO em relatório recente

Os Estados Unidos, a Suíça e Cingapura foram classificados como os três principais países “mais favoráveis” para as Ofertas Iniciais de Moedas (ICO) em um relatório recente, de acordo com um comunicado de imprensa compartilhado com a Cointelegraph em 14 de julho.

Os analistas associados à Conferência Crypto Finance compilaram a pesquisa com base em dados disponíveis publicamente dos 100 maiores ICOs por país em termos de recursos captados e os classificaram pelo número de projetos lançados.

O relatório destaca os EUA como o país mais favorável para as ICOs, com um total de 30 empresas lançadas no campo. O segundo país é a Suíça, que é responsável por metade dos projetos, enquanto Cingapura ocupa o terceiro lugar, com 11 projetos.

countries

Principais países "favoráveis" à ICO do estudo da Conferência Crypto Finance

O relatório também apresenta Rússia, Estônia e Reino Unido como alguns dos países mais promissores para o financiamento de projetos cripto.

Como a Cointelegraph reportou na semana passada, o maior mês para investimento da ICO aconteceu há apenas quatro meses, e 2018 também viu o tempo necessário para concluir e a ICO e o sucesso desses projetos mudou significativamente desde o ano passado.

A Cointelegraph também informou recentemente que os volumes de ICO alcançaram novos recordes no primeiro semestre de 2018, totalizando já o dobro do que foi durante todo o ano de 2017.

Como um dos principais locais para a condução dos maiores projetos de cripto e ICO, os EUA continuam a combater casos de atividades ilegais na esfera. No início desta semana, o Conselho de Valores Mobiliários do Estado do Texas (SSB, na sigla em inglês) emitiu uma ordem de cessação e desistência imediata para uma rede de empresas relacionadas à criptomoeda acusadas de oferecer investimentos cripto fraudulentos a residentes no estado.