EUA lideram ofertas de emprego relacionadas à blockchain em todo o mundo, mostram dados

Os Estados Unidos são os líderes mundiais quando se trata de empregos relacionados à blockchain, de acordo com uma pesquisa do The NextWeb (TNW) publicada em 8 de março.

Para preparar o relatório, a TNW reuniu informações do site de emprego e recrutamento Glassdoor, buscando por todas as ofertas de emprego que contivessem o termo “blockchain” na lista de empregos em países ao redor do mundo.

Os resultados mostraram que os EUA lideram no mundo em termos de empregos relacionados à blockchain, tendo cerca de metade, ou 2.616, de um total de 5.711 empregos de blockchain listados no Glassdoor globalmente. Os EUA são seguidos pelo Reino Unido, com 1.015 anúncios de emprego relacionados ao blockchain, enquanto a Índia ficou em terceiro lugar, com 257 vagas.

Entre os empregos mais comuns postados no site, "Engenheiro Blockchain" assume a liderança. Posições como “Engenheiro Sênior de Software” e “Desenvolvedor Blockchain” são o segundo e o terceiro cargo mais populares, respectivamente.

A TNW também fez uma lista de empresas que oferecem vagas relacionadas à blockchain, nas quais a gigante de tecnologia IBM oferece o maior número de empregos blockchain, seguida pela empresa de contabilidade do "Big Four" Ernst & Young e pela empresa de software Oracle.

No top 10 das empresas, apenas três são relacionadas com moedas digitais. São elas a Foris Limited, Crypto.com e Wirex. A startup de pagamento Ripple está na 17ª posição e a empresa de tecnologia de software blockchain ConsenSys ficou em 13º.

Em fevereiro, a empresa de recrutamento Hired divulgou um relatório mostrando que a demanda global por engenheiros de blockchain tem aumentado 517% ano após ano. A segunda função da engenharia de software que mais cresce é a de engenheiro de segurança, com 132% de crescimento, e a terceira é a de engenheiro embarcado, com 76%. O papel de engenheiro de blockchain também permaneceu consistentemente entre os três empregos de engenharia de software mais bem pagos nas várias cidades cobertas na reportagem.

No mesmo mês, especialistas e participantes do setor disseram na reunião anual do The Wall Street Journal CIO Network que a adoção da tecnologia blockchain ainda está em seus estágios iniciais. Embora a tecnologia blockchain da empresa tenha encontrado seu uso prático, suas novas aplicações não são de grande escala, de acordo com Christine Moy, diretora executiva e chefe do centro de excelência blockchain do JPMorgan Chase.