Demanda global por engenheiros de blockchain cresce 517% no ano, segundo a Hired

A demanda global por engenheiros de blockchain cresceu 517% no período de um ano, de acordo com relatório publicado pela empresa de recrutamento Hired em 28 de fevereiro.

O documento também revela que o serviço de engenharia de software que tem o segundo maior crescimento é o de engenharia de segurança, com 132% de crescimento, e o terceiro é o de engenheiro incorporado, que cresceu 76%. O papel de engenheiro de blockchain também está consistentemente entre os três mais bem pagos em diversas cidades cobertas pelo relatório.

Especificamente, a engenharia de blockchain é a segunda especialização da engenharia de softwares mais bem paga em Nova Iorque e Londres, a terceira da baía de San Francisco e de Toronto, e a primeira de Paris. A média salarial entre engenheiros de blockchain nas cidades supracitadas é de US$ 105.400.

A área da baía de San Francisco é a localização com maiores salários, com média de US$ 155.000, enquanto Paris é a última entre as citadas, com os ganhos de engenheiros em blockchain circulando ao redor de US$ 67.000.

Como o Cointelegraph noticiou em outubro do ano passado, a média de rendimentos de um engenheiro de blockchain gira em torno deUS$ 150-175.000 ao ano.

Um estudo publicado pelo site Glassdoor no mesmo mês descobriu que as oportunidades de trabalho relacionados a cripto e blockchain cresceram substancialmente nos Estados Unidos em 2018, apesar do mergulho dos preços de criptomoedas.