Estudo diz que governo dos EUA deverá aumentar gastos com blockchain em 1000% entre 2017-2022

O governo federal dos EUA deve elevar seus gastos com blockchain para US$ 123,5 milhões até 2022 - um aumento de mais de 1000% em comparação com os US$ 10,7 milhões gastos em 2017. A previsão foi feita em um relatório do IDC Government Insights, publicado em 18 de abril.

A IDC afirma que os gastos com blockchain entre governos estaduais e locais também devem crescer, de US$ 4,4 milhões em 2017 para US$ 48,2 milhões em 2022 - similarmente, um aumento de quase 1.000%.

As agências civis federais - que supostamente gastaram menos de US$ 20 milhões com a tecnologia em 2017 - provavelmente gastarão mais de US$ 80 milhões até 2022, continua o relatório. O Departamento de Defesa - que também gastou menos de US$ 20 milhões em 2017 - poderia quase dobrar esse número e atingir US$ 40 milhões até 2022, afirma o IDC.

O investimento do governo na tecnologia blockchain provavelmente evoluirá e se expandirá para incluir áreas mais complexas ao longo do tempo, destacou o diretor de pesquisa da IDC, Shawn McCarthy:

"Acreditamos que o gerenciamento de ativos, o gerenciamento de identidades e os contratos inteligentes serão as principais soluções de blockchain para o governo. Os gastos iniciais se concentrarão em soluções de gerenciamento de cadeia de suprimentos e ativos, enquanto os gastos em anos futuros serão expandidos para incluir mais gerenciamento de identidade e transações financeiras complexas".

O IDC também observa que a blockchain provavelmente se tornará uma tecnologia fundamental para a legislação comercial e provavelmente “será implementada como um recurso padrão para alguns tipos de comércio internacional autorizado e também como um padrão para muitos tipos de compras governamentais”.

Em termos de implementações específicas da tecnologia, o relatório argumenta que uma abordagem híbrida da blockchain - combinando aspectos de redes públicas e privadas - provavelmente será a mais popular entre as agências governamentais.

Conforme relatado no mês passado, o atual líder da minoria republicana na Câmara dos Deputados dos EUA argumentou recentemente que a blockchain deveria ser implementada para melhorar a transparência do processo legislativo e trazer mais segurança e responsabilidade ao governo.

Um outro relatório da IDC, de 2018, previu que os gastos mundiais com blockchain aumentariam para US$ 9,7 bilhões em 2021.