Ramo de pesquisa do Departamento de Defesa dos EUA vai receber workshop sobre permissionless Blockchain

A Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos EUA (DARPA) sediará um workshop de blockchain de dois dias em fevereiro, de acordo com uma requisição de informação oficial (RFI) publicada em 19 de novembro.

A DARPA, braço de pesquisa do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, está procurando investigar tecnologias para um consenso distribuído durante um workshop “provisoriamente programado para 14 e 15 de fevereiro de 2019, em Arlington, VA”.

Como declarado na RFI de cinco páginas divulgada pelo Information Innovation Office (I2O) da agência, “de interesse particular para a DARPA são os chamados protocolos de consenso distribuído 'sem permissão'.” Os sistemas sem permissão são descritos no documento como protocolos “onde qualquer indivíduo pode participar da computação.”

O relatório indica ainda que, embora exista uma “quantia substancial” de pesquisa no campo, a agência federal está interessada em “vários caminhos menos explorados de protocolos de consenso distribuídos sem permissão”.

O pedido de informações da I20 cobre três tópicos diferentes - cada um deles é definido para constituir uma sessão na oficina da agência - o primeiro deles é incentivar protocolos de consenso distribuídos sem o uso de dinheiro. O documento explica que “os protocolos distribuídos sem permissão devem incentivar vários aspectos da participação no protocolo”, observando a mineração de Bitcoin (BTC) como um sistema de exemplo.

O primeiro tópico, portanto, se concentra na criação de protocolos de consenso distribuído sem permissão em grande escala, sem o pagamento de participantes.

O segundo assunto abordado na RFI são os modelos de segurança voltados para a economia de protocolos de computação distribuída, pedindo informações sobre “métodos que aproveitam noções econômicas rigorosas para promover teorias de segurança para protocolos de computação distribuídos e sem permissão”.

O terceiro e último tópico sobre o qual a agência solicitou informações abrange as “centralidades dos protocolos de consenso distribuídos”. As respostas para essa categoria são “novas análises, métodos para analisar e / ou abordar a centralização de um protocolo de consenso distribuído”, mas também “ centralidades não intencionais e/ou mitigações associadas ”.

A RFI também reconhece o potencial da tecnologia blockchain para segurança de dados e “resiliência” de armazenamento para o departamento do governo, afirmando:

“As tecnologias para protocolos de consenso distribuídos foram revolucionadas por seu papel proeminente nas tecnologias de criptomoeda e blockchain. Essas tecnologias têm implicações dramáticas para a segurança e resiliência das tarefas críticas de armazenamento e computação de dados, inclusive para o Departamento de Defesa.”

O anúncio da agência se encaixa em uma tendência mais ampla de interesse crescente em relação ao blockchain exibido pelas agências governamentais em todo o mundo. Em 22 de novembro, uma agência de notícias alemã reportou que o Ministério Federal Alemão para Assuntos Econômicos e Energia (BMWi) está planejando usar blockchain para combater a evasão fiscal.

Em maio de 2017, a DARPA conferiu uma concessão ao desenvolvedor de mensagens do Crypto-Chat ITAMCO para desenvolver uma plataforma de mensagens e transações cripto baseadas em blockchain para as forças armadas dos EUA.