Galaxy Digital arrecada US$ 250 milhões para empréstimos a empresas de criptomoedas, afirma Business Insider

O banco de criptomoedas de Mike Novogratz, o Galaxy Digital, está arrecadando pelo menos US$ 250 milhões para oferecer empréstimos a empresas com atividades relacionadas às criptos, de acordo com um relatório - não confirmado - publicado pelo site de notícias norte-americano Business Insider nesta quarta-feira, 23 de janeiro.

Citando duas fontes anônimas do setor, a agência de notícias afirma que o Galaxy Digital planeja fechar a primeira rodada de captação de recursos para seu fundo de crédito de criptomoedas em março.

Um representante do Galaxy se recusou a comentar o assunto para o Business Insider.

De acordo com a notícia, os credores do Galaxy poderão obter seus empréstimos usando ativos de criptomoedas, imóveis e hardwares de mineração de criptomoedas como depósitos.

As fontes anônimas afirmam que o Galaxy decidiu lançar seu próprio fundo depois de observar uma maior demanda das empresas por empréstimos com criptomoedas em meio ao mercado em baixa em 2018.

Fundado pelo ex-sócio do Goldman Sachs, Michael Novogratz, o Galaxy Digital já está emprestando para empresas de criptomoedas usando seu próprio balanço, de acordo com a Business Insider.

O banco de criptomoedas também liderou uma rodada de captação de recursos de US$ 52 milhões por meio de seu braço de investimentos, o Galaxy Digital Ventures, para financiar a BlockFi, empresa de empréstimos em criptomoedas, em julho de 2018.

Em meio às consequências do colapso do mercado das criptos em 2018, muitas empresas de criptomoedas e blockchain enfrentaram problemas financeiros: por exemplo, pelo menos 340 dessas empresas foram dissolvidas ou liquidadas em 2018 no Reino Unido, e a Bitmain, gigante da mineração de criptomoedas baseada na China, fechou seu centro israelense em dezembro.

No entanto, os negócios com empréstimos em criptomoedas continuaram a crescer. Lançado em 2018, o produto de empréstimo de criptomoedas da BlockFi viu suas receitas crescerem dez vezes desde junho, conforme revelado recentemente pelo CEO da BlockFi, Zac Prince.

De acordo com a Business Insider, outra empresa de cripto empréstimos, a Salt Lending, emitiu US$ 54 milhões em empréstimos em 2018 e planeja expandir sua equipe em 25% este ano.

Recentemente, Novogratz - que é fundador e CEO do Galaxy - aumentou sua participação nas ações da empresa em 79,3% das ações ordinárias, assumindo sua conversão, que supostamente soma 221,2 milhões em ações ordinárias.