CEO do Twitter, Jack Dorsey, ainda acredita que o Bitcoin será a moeda da Internet

Cofundador e CEO do Twitter Jack Dorsey declarou novamente que acredita que o Bitcoin (BTC) será a moeda nativa da internet. Dorsey fez seus comentários durante uma entrevista com o comediante americano e apresentador de podcast Joe Rogan, publicado em 2 de fevereiro.

Durante a entrevista, Dorsey declarou:

“[Bitcoin] foi algo que nasceu na internet, que foi desenvolvido na internet, que foi testado na internet… É da internet”.

O CEO do Twitter fez uma afirmação semelhante antes, observando em meados de maio de 2018 que ele vê o Bitcoin como uma opção para a moeda nativa da internet.

Dorsey também é fundador e CEO da empresa de pagamentos móveis Square, que permite que seus usuários negociem Bitcoins. Quando perguntado por Rogan se há algum plano para adicionar outros criptos ao aplicativo, Dorsey respondeu que não há.

Como a Cointelegraph informou em dezembro do ano passado, a Square foi nomeada a empresa do ano do Yahoo Finance. Um mês antes, a Square revelou que gerou US$ 43 milhões em receita de Bitcoin no terceiro trimestre de 2018.

Durante a entrevista, Rogan também perguntou a Dorsey se ele vê algum retrocesso em relação ao Bitcoin, ao que ele respondeu sugerindo “basta olhar para alguns dos principais bancos e suas considerações sobre o Bitcoin”.

Dorsey observou que "todos amam blockchain, por causa da eficiência que pode criar para seus negócios e potencialmente novas linhas de negócios", mas depois sugeriu que essa tecnologia está "certamente ameaçando certos serviços por trás de bancos e instituições financeiras, está ameaçando alguns governos também…"

Dorsey também previu que a Internet está migrando para um sistema no qual os dados criados serão permanentemente on-line. Segundo ele, "isso é o que o blockchain ajuda a ativar, e precisamos nos certificar de que estamos prestando atenção a isso". Ele também descreveu como vê o futuro da Internet:

"Estamos nos movendo para um mundo em que qualquer coisa criada existe para sempre, que não há controle centralizado sobre quem vê o quê, que esses modelos se tornam totalmente descentralizados e todas essas barreiras que existem hoje não são mais importantes".

O vídeo da entrevista tem cerca de 38 mil dislikess e 5,7 mil curtidas. Sugerindo que Rogan excluísse comentários negativos do YouTube, vários usuários colaram um comentário, sugerindo que fosse uma cópia de um comentário excluído originalmente:

"Sargon de Akkad 2k upvoted, comentário DELETADO" Se tivermos o direito de usar as mídias sociais, você não tem justificativa para banir pessoas, Jack. " referindo-se a Jack em 51:21 Copie e cole isto. ”

O comentário sobre as proibições ao Twitter poderia ter sido uma referência à altamente divulgada proibição no Twitter no ano passado de Alex Jones, o apresentador do site Infowars, de extrema-direita.

No outono de 2018, enquanto falava em uma audiência sobre a transparência do Twitter no Comitê de Energia e Comércio da Câmara dos EUA, Dorsey havia notado publicamente que blockchain poderia ser usada para combater desinformação e fraudes.