TrustToken lança stablecoin lastreada no dólar canadense

O TrustToken lançou sua mais nova stablecoin, o TrueCAD, neste 1º de maio de 2019. A mais recente da linha Trusty de stablecoins lastreadas em moeda fiat tem seu valor atrelado ao dólar canadense.

O TrustToken é responsável pela criação de várias outras stablecoins, como TrueUSD (dólares americanos), TrueGBP (libras esterlinas) e o TrueAUD (dólares australianos), cada um lastreado em uma proporção de 1:1 em suas moedas fiat associadas.

Por enquanto, os proprietários podem usar as quatro stablecoins no aplicativo TrustToken e esperar que eles sejam listados nas exchanges "nas próximas semanas e meses". O TrustToken observa ainda que alguns de seus produtos já estão sendo negociados nas principais exchanges criptos, como a Binance, a Huobi e a OKEx

As stablecoins são tokens digitais lastreadas por um outro ativo, como um mineral ou uma moeda, ou estabilizadas por um algoritmo. Além disso, as stablecoins podem assumir várias formas diferentes e não requerem necessariamente o apoio de um ativo tangível. O TrustToken refere-se a esse fato em sua declaração sobre o TrueCAD:

“Queríamos uma simples stablecoin, sem a necessidade de confiar na conta bancária escondida de alguma empresa ou em um algoritmo especial. [...] Nossos contratos inteligentes de código aberto garantem uma paridade de 1:1 entre o TrueCAD e o CAD nas contas.”

O TrueCAD e o TrueAUD são dois dos quatro novos pilares atrelados às moedas nacionais que o TrueToken anunciou o lançamento em 2019. Na agenda do ano ainda estão o TrueEUR e o TrueHKD, para o euro e dólares de Hong Kong, respectivamente.

Advogados recentemente confirmaram em documentos judiciais que a stablecoin Tether USDT não é apoiada 1:1 com dólares americanos (seu ativo de reserva).  Zoe Phillips, da firma de advocacia Morgan Lewis, disse que apenas três quartos das reservas do Tether têm lastro em USD.