Trump não apoia CEO da Bakkt, Kelly Loeffler, para cargo de senador dos EUA

O governador da Geórgia, Brian Kemp, deve nomear Kelly Loeffler, CEO da plataforma institucional de futuros de Bitcoin (BTC) Bakkt, para um assento no Senado dos Estados Unidos na próxima semana.

O canal de notícias local de Atlanta AJC informou em 29 de novembro que Kemp planeja escolher Loeffler para tentar expandir o apelo do partido republicano às mulheres. Se nomeado, o CEO da Bakkt se tornará a segunda mulher a servir no Senado dos Estados Unidos da Geórgia.

Além disso, Loeffler também poderia financiar atividades do Partido Republicano com sua fortuna pessoal, o que o órgão sugere que poderia quebrar recordes de captação de recursos.

CEO da Bakkt apoia Trump

Em aparente esforço para tentar obter a aprovação republicana, Loeffler disse que deseja fortalecer a fronteira, encerrar o tráfico de drogas e de seres humanos, reduzir os gastos com saúde e proteger os interesses nacionais dos EUA.

"Se escolhida, estarei com o presidente Trump, o senador David Perdue e você para manter a América ótima."

A cadeira é atualmente ocupada por Johnny Isakson, que deixará o Senado no final do ano por problemas de saúde. Autoridades não especificadas do Partido Republicano disseram ao Kemp que Kemp deve anunciar publicamente a nomeação de Loeffler em uma conferência de imprensa na próxima semana.

Presidente não é fã de Loeffler

Vários líderes do partido, incluindo o presidente Donald Trump, pressionaram em prol do deputado americano Doug Collins. Os líderes republicanos pressionaram pela nomeação de Collins, forte apoiador de Trump, dos direitos sobre armas e pautas anti-aborto.

O presidente e muitos de seus seguidores não têm grande apreço por Loeffler, considerando-a moderada demais. A matéria ainda diz que Kemp se encontrou com o presidente e Loeffler na semana passada para tentar obter a aprovação de Trump para a cadeira no Senado, mas sem sucesso.

Enquanto isso, o interesse institucional no Bitcoin está aumentando, com a Bakkt estabelecendo outro novo recorde de volume diário, negociando US$ 42,5 milhões em contratos futuros de Bitcoin em 28 de novembro.