Maior bolsa de valores suíça diz que está "aberta" para oferecer negociação cripto em sua plataforma

O SIX Group, a empresa-mãe da principal bolsa de valores da Suíça, revelou que está "aberto" à possibilidade de oferecer serviços de comércio de criptomoedas em sua plataforma de negociação digital. A plataforma, ainda em desenvolvimento, deve ser lançada em meados de 2019, informou o porta-voz do SIX Group em entrevista à Swissinfo, em 15 de julho.

O Grupo Suíço de Infraestrutura e Câmbio (SIX) opera o maior mercado de ações do país e planeja lançar uma plataforma “totalmente regulamentada” para o comércio de ativos digitais em meados de 2019. O serviço está configurado para oferecer uma gama “completa” de serviços, incluindo consultoria de oferta inicial de moeda (ICO) para as ICOs que não são classificadas como títulos.

Na entrevista à Swissinfo, o porta-voz do SIX Group, Stephan Meier, afirmou que há uma “necessidade real” para o estabelecimento de “transparência e responsabilidade no mundo cripto”. Segundo Meier, isso beneficiaria tanto as empresas quanto os investidores da indústria cripto e os participantes dos mercados tradicionais.

“Não apenas os provedores tradicionais de serviços financeiros e investidores estão interessados nisso, mas também inúmeras empresas e investidores que querem aproveitar as novas oportunidades digitais para levantar capital e negociar ativos digitais.”

Meier esclareceu que o SIX Group ainda não tomou uma decisão sobre o que “produtos específicos serão oferecidos para listar e negociar” em sua próxima plataforma, observando que a questão de se o comércio de criptomoedas estará disponível ainda está “aberto”.

Ele acrescentou que a empresa "tecnicamente seria capaz de adicionar vários ativos digitais à plataforma", ressaltando que cada ativo digital passará por um "processo de due diligence" antes de ser adicionado.

Stephan Meier também afirmou que a empresa "quer [se] construir uma ponte entre os serviços financeiros tradicionais e as comunidades digitais". Ele enfatizou que o SIX Group está trabalhando em "estreita consulta" com autoridades reguladoras para descobrir "em quais áreas ajustes ou adições ao quadro jurídico podem ser necessárias. "

No início desta semana, a Suíça foi relatada como o segundo país “mais favorável” para as ICOs em termos de recursos arrecadados, superado apenas pelos EUA.