Ticketmaster reforça sistema de ingressos com blockchain em nova parceria

A Ticketmaster, gigante global de venda de ingressos, adquiriu a Upgraded, uma empresa de eventos ao vivo focada no blockchain, segundo um comunicado de imprensa de 18 de outubro.

A Ticketmaster, uma divisão da maior empresa de entretenimento ao vivo do mundo, a Live Nation, planeja usar a tecnologia blockchain através da parceria como uma forma de fornecer mais transparência e controlar melhor a distribuição de ingressos.

Além disso, a empresa espera proteger os clientes contra fraudes fraudes associadas ao sistema de bilhetagem existente, que funciona na forma de bilhetes impressos ou baseados em PDF.

A empresa atualizada de eventos blockchain Upgraded permitirá que a Ticketmaster digitalize os ingressos tradicionais em unidades interativas protegidas pela tecnologia blockchain por meio de códigos de barras criptografados. O comunicado de imprensa observa que a nova solução estará disponível sem necessidade especial de um local para substituir o hardware de controle de acesso existente.

Sandy Khaund, fundador e CEO da Upgraded, disse que a colaboração com a Ticketmaster é uma “plataforma perfeita” para a empresa promover o blockchain para “milhões de fãs”.

A implantação da nova tecnologia será incorporada na infra-estrutura da Ticketmaster, juntamente com várias outras iniciativas para melhorar e proteger tanto o processo de emissão de bilhetes quanto os fãs, incluindo serviços como presença, ventilador verificado e a ferramenta de identificação facial Blink Identity.

Recentemente, a Ticketmaster enfrentou uma ação judicial sobre uma suposta “prática comercial injusta”, concordando com a escalada de grandes quantidades de ingressos para revenda, o que viola as políticas da empresa.

O gigante dos ingressos alegadamente permitia que contas falsas contornassem os limites de multibanco para realizar vendas em massa em um mercado secundário. Anteriormente, a Cointelegraph relatou que a Ticketmaster afirma que 60% dos "ingressos mais badalados" são comprados por bots.

Em julho, a principal bolsa de cripto e moeda norte-americana Coinbase introduziu seu sistema de oferta de cripto, permitindo que os clientes trocassem moedas em seus cartões eletrônicos por bens e serviços através de marcas como Ticketmaster, Google Play, Uber e outras.